As explosões de bateria que marcaram o lançamento do Galaxy Note 7 começam a mostrar os primeiros resultados negativos para a imagem da Samsung. Diante dos problemas do smartphone top de linha, muitos consumidores chineses estão dando preferência maior a marcas como HTC, Apple e Xiaomi.

Uma pesquisa conduzida pela iiMedia Research com 12 mil consumidores fieis à Samsung mostrou que 51,1% deles estão dispostos a mudar de marca ao comprar seus próximos smartphones. Já 18,5% dos consumidores consultados estão ao menos cogitando fazer isso, enquanto 29,6% afirmam que não estar preocupados com os problemas recentes, já que eles foram causados por fatores externos à fabricante.

O relatório é especialmente preocupante para a Samsung

Entre os consumidores que afirmam estar dispostos a fazer uma mudança, 37% disseram que vão migrar para a Apple e 26% para a HTC. Os demais vão dar preferência a marcas locais como Xiaomi, Meizu, Oppo e outros nomes mais desconhecidos entre o público ocidental. O relatório é especialmente preocupante para a Samsung, visto o tamanho e a importância do mercado chinês.

Em 2013, a companhia detinha 21% do mercado local, fatia que se reduziu a 8% este ano. Entre os motivos para a queda está desde o crescimento de empresas locais até a entrada da Apple (que também ganhou espaço com a introdução de iPhones com telas maiores). Caso a pesquisa da iiMedia reflita com precisão a realidade e a Samsung não faça o suficiente para retomar sua imagem, ela corre o risco de se ver de fora de um dos mercados mais lucrativos do mundo.

Cupons de desconto TecMundo: