O sucesso acima do esperado obtido pelo Galaxy Note 7 está testando a capacidade de produção dos fornecedores da Samsung. Segundo informações obtidas pela Reuters, a situação ocorre em âmbito global, o que sugere que a companhia deve ter boas notícias a dar aos seus investidores em breve.

No entanto, caso a situação se prolongue, isso pode colocar em risco os planos da empresa de se aproveitar do período inicial de animação com o aparelho. Rivais, como a Apple, devem lançar em breve novas versões de seus aparelhos, que podem “roubar” alguns consumidores da Samsung caso eles não consigam encontrar o Note 7.

Data de lançamento em outros países foi ajustada

“Os resultados das compras prévias do Galaxy Note 7 excederam em muito nossas estimativas, o que significa que sua data de lançamento em outros países foi ajustada”, afirmou a fabricante sul-coreana à Reuters. Tudo indica que o mercado brasileiro foi um dos afetados: inicialmente programada para a última segunda-feira (22), a pré-venda do aparelho em território nacional ainda não foi iniciada.

Caso não consiga corrigir a situação, a empresa corre o risco de cometer novamente o erro do Galaxy S6 Edge, que teve vendas abaixo do esperado graças a problemas na produção de seu display curvo. A companhia se comprometeu a aumentar a produção do phablet “assim que possível”, mas não forneceu detalhes de como pretende cumprir esse objetivo.

Cupons de desconto TecMundo: