Nem mesmo os roteadores escaparam: quando não possuem segurança adequada, esses dispositivos viraram porta de entrada para hackers, inclusive no Brasil. Isso acontece quando você não altera as configurações padronizadas, usando ainda “admin” como login e senha de seus equipamentos, por exemplo.

Para auxiliar quem não está acostumado a esses processos, a fabricante D-Link reforçou algumas dicas de segurança úteis que podem salvar os seus aparelhos de sofrerem um ataque.

As dicas são as seguintes:

  • Troque a senha de acesso padrão do seu equipamento, utilizando uma combinação forte, preferencialmente alternando com letras e números;
  • Mantenha o equipamento atualizado com a última versão de firmware;
  • Utilize criptografia WPA2 em rede sem fio;
  • Mantenha desabilitadas as funções de acesso remoto via HTTP e Telnet caso não vá utilizá-las;
  • Habilite “Graphical Authentication” Captcha;
  • Habilite HTTPS;
  • Altere o número destinado à porta HTTPS.

Na galeria de imagens abaixo, você confere cada uma dessas opções na interface de administração da D-Link. Essa página pode variar um pouco de acordo com o modelo dos roteadores.

A D-Link também alerta para outros riscos, como ataques que acontecem por malwares recebidos via e-mails, instalados nos dispositivos ao acessar sites ou fazer downloads. Para evitar isso, é importante seguir algumas orientações:

  • Não abra e clique em links de pessoas desconhecidas via site ou email;
  • Cuidado ao fazer um download, tenha certeza que o site/torrent/P2P em questão seja confiável;
  • Sempre use e mantenha o antivírus atualizado;
  • Use um Firewall no computador.

Cupons de desconto TecMundo: