Pesquisadores da Universidade da Cidade do Cabo, na África do Sul, desenvolveram um robô com uma habilidade muito especial: ele é capaz de realizar saltos controlados usando como método de segurança e de estabilidade uma linha como uma teia, tudo isso inspirado na ação das aranhas-saltadoras, também conhecidas no Brasil como papa-moscas.

Conforme o robô cai, ele ajusta a tensão da linha que vai sendo desenrolada usando um motor de corrente contínua

Essas aranhas, em vez de construir teias com estruturas supercomplexas para capturar suas presas, utilizam seus fios para saltar com precisão sobre suas vítimas. É essa ideia que inspirou os programadores do robô a criar um sistema que facilitasse o salto e melhorasse a precisão do pulo dessa pequena máquina.

O salto da aranha

Criado usando peças de LEGO, o robô – chamado LEAP, um trocadilho que reúne em seu significado a palavra “salto” em inglês e uma sigla para Plataforma Autônoma Equipada com Linha – é capaz de realizar pulos usando como “corda de segurança” um fio de nylon. Conforme o robô cai, ele ajusta a tensão da linha, que vai sendo desenrolada usando um motor de corrente contínua. Ao aumentar ou diminuir o arrasto no fio, LEAP pode alterar seu local de pouso.

Confira no vídeo como o robô é capaz de controlar seu salto com maior precisão usando o fio de nylon da mesma forma que as aranhas-saltadores usam suas próprias teias.

Como você acha que as habilidades animais podem ajudar ao homem a desenvolver melhor os robôs? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: