O uso de robôs pelas indústrias e para fins militares já acontece há bastante tempo, mas foram poucas as interações da robótica que realmente chegam até o consumidor final. Foi pensando nisso que a Anki, que já havia produzido uma linha de carros de brinquedo Overdrive, criou o Cozmo, que é uma mistura de brinquedo com bichinho de estimação – ou um Wall-E para chamar de seu.

O pequenino robô, que tem duas esteiras como "pernas" e um braço mecânico que é usado para carregar blocos por aí, é munido de uma inteligência artificial que permite que ele interaja com as pessoas e com o ambiente de uma forma única, graças ao sistema de identificação facial. O brinquedo consegue inclusive guardar em sua memória cada interação que teve com você.

A IA do Cozmo também garante que ele tenha uma personalidade brincalhona, reagindo de forma engraçada a diversas situações. Se você ficar cutucando o robozinho, ele vai demonstrar seu incômodo através da expressão de seus olhos no pequenino monitor que serve como seu "rosto". O robozinho não fala, mas emite sons muito parecidos com o do Wall-E.

Ele vem acompanhado de alguns blocos que são utilizados para brincar com Cozmo ou para que ele use quando se sentir entediado. É aqui que uma das interações engraçadas também acontece: se você "atrapalhar" o processo de empilhamento, Cozmo pode se irritar e derrubar a coisa toda. No entanto, não há motivos para preocupação: o pessoal da Anki já adiantou que o robô não deve se sentir deprimido com o passar do tempo.

As animações de Cozmo, inclusive, foram desenvolvidas por um time liderado por Carlos Baena, que trabalhou como animador na Pixar – tudo faz sentido agora, certo? As interações com o brinquedo são feitas através de um aplicativo para smartphones, que chegam, inclusive, a tocar uma trilha que "casa" com o humor do robô.

Diferente de outros "brinquedos de estimação", como o Sphero BB-8 que nós testamos aqui na redação, o Cozmo não depende exclusivamente do usuário para iniciar uma interação ou começar a fazer alguma atividade: se você deixá-lo solto em sua mesa, ele pode tentar iniciar alguma brincadeira com você ou sair explorando um pouco mais.

A bateria tem uma duração de aproximadamente duas horas, mas leva apenas 10 minutos para ser carregada – uma ação que conta, inclusive, com o pequeno Cozmo roncando enquanto é carregado. O robozinho será lançado em outubro nos EUA e será vendido a partir de US$ 180, ou aproximadamente R$ 540. A pré-venda já está acontecendo no site da Anki.

Se você é um pouco mais velho e pegou a época do tamagotchi, é uma ótima oportunidade de reviver a infância – só que de um jeito bem mais divertido.

Cupons de desconto TecMundo: