Throsten Heins acredita que BlackBerry 10 tem potencial para superar Windows Phone (Fonte da imagem: Reprodução/Reuters)

A RIM certamente trouxe diversas coisas bacanas no evento oficial de divulgação da nova versão do seu sistema operacional, o BlackBerry 10. Ela inclusive fez um vídeo bem divertido para mostrar que vai continuar amando os desenvolvedores da plataforma. Contudo, muitos ainda discutem se o aparelho tem realmente chance de entrar na fervorosa batalha dos smartphones.

Aparentemente, Throsten Heins, CEO da RIM, já tem planejado qual será seu lugar nessa disputa. Após o evento, o executivo revelou em uma coletiva de imprensa que o BlackBerry não tem pretensões imediatas de ser o número um ou o número dois do mercado – ele pretende mesmo ser o número três.

Explicando melhor: Heins acredita que o novo sistema operacional tem altas chances de superar o Windows Phone e ficar logo atrás do Android e do iOS no ranking de sistemas móveis mais populares. “Nós fixamos bem o objetivo de sermos o número três no mercado. Nós não somos somente mais uma plataforma móvel; nós somos BlackBerry”, afirma.

Interface multitarefas otimizada deve ser um dos pontos mais fortes do SO (Fonte da imagem: Reprodução/Xataka Movil)

O executivo ainda aponta os pontos fortes do novo SO, como maior integração com redes sociais e principalmente a interface de multitarefas, que promete ser revolucionária. Heins inclusive chegou a citar e criticar o iOS, dizendo que o modo com que o sistema permite alternação entre as aplicações é ineficiente para vários usuários.

“Nós não descartamos a possibilidade do BlackBerry se tornar o número um algum dia. Mas você deve subir uma montanha passo por passo”, explica. A previsão é que o BlackBerry 10 demore mais alguns meses até ser liberado para os usuários — só então os fãs poderão de fato conferir se Heins está fazendo as contas certas ou não.

Fonte: The Verge

Cupons de desconto TecMundo: