A rede social para contatos profissionais LinkedIn acumula histórias de sucesso de quem acessou a página para divulgar conteúdo, procurar emprego ou fazer novos contatos corporativos. Porém, muita gente concorda que o site não é dos mais intuitivos ou simples de se navegar.

Até mesmo o cofundador da plataforma, Reid Hoffman, admite isso. Porém, ele não deixa de valorizar a própria equipe ao sugerir que mudanças são feitas a todo momento. "Olha, nos trabalhamos nisso, mas talvez façamos isso mais devagar do que deveríamos. Eu acho que muita gente acha bem confuso. Esse é com certeza o caso e há definitivamente mais trabalho a ser feito. Há ainda muita gente que trabalha nisso todos os dias e, na verdade, sabem bem como fazer isso", afirma o executivo durante uma entrevista no Fortune's Brainstorm Tech.

Porém, ele enfatiza que a rede social corporativa possui funções que não são tão simples de propósito, fazendo um comparativo com a simplicidade de um site menos "sério", como é o caso do Facebook. "Nós temos uma grande quantidade de funcionalidades complicadas. Então não é só subir uma foto clicando no botão 'Curtir'", alfineta Hoffman.

A interface de visualização e controle do LinkedIn é criticada constantemente

As principais reclamações estão na barra de navegação, que apresenta pequenos defeitos e não "limpa" depois de você aceita contatos, e na interface do sistema de postagem. Você pode conferir a entrevista completa neste vídeo (em inglês).

Você acha a interface do LinkedIn difícil e confusa? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: