Não devem restar dúvidas para ninguém quanto ao fato de que a internet é a maior fonte de pornografia existente. Algo curioso nisso, porém, é que muitas pessoas, no lugar de irem em busca de sites especializados no assunto, preferem recorrer ao conteúdo postado em páginas incomuns, como em redes sociais.

Mas o Vine, que não era exceção à regra, parece ter se cansado disso, decidindo atualizar suas regras e seus termos de serviço para proibir qualquer tipo de conteúdo sexual explícito.

A mudança, é claro, não deve ter tanto efeito no público que usa a rede social. Como dito no anúncio oficial do Vine sobre a atualização dos termos de serviço, mais de 99% das pessoas que usam a ferramenta não acessam esse tipo de conteúdo. “Para o resto: nós não temos problemas com conteúdo sexual explícito na internet – nós apenas preferimos não ser a fonte dele”, avisou a empresa.

Cupons de desconto TecMundo: