O que apareceu nas redes sociais que o pessoal não curtiu (Fonte da imagem: Reprodução/Blog Sua Carreira)

Vai chegando o fim do ano e a gente começa a ver retrospectivas sobre uma infinidade de assuntos, desde a TV até as redes sociais. Pensando nisso, a versão virtual da revista Exame resolveu garimpar o histórico do Facebook, Instagram e Twitter de 2013 à procura de grandes gafes ou deslizes de marcas famosas nas principais redes sociais do momento.

O resultado disso foi a lista que você confere a seguir, que traz várias situações no mínimo desconfortáveis, mostrando que não é todo mundo que sabe lidar com as rede sociais — uma postagem aparentemente inofensiva pode se tornar um grande tiro no pé. Nos destaques do ano, a infidelidade dos garotos e garotas-propaganda não poderia faltar, assim como as piadas de mau-gosto e alguns deslizes mais graves.

    1. O bad boy da Nokia NZ

Pouca educação ou simples trollagem? (Fonte da imagem: Reprodução/Talk.PH)

Em novembro deste ano, o perfil da Nokia da Nova Zelândia no Twitter publicou uma mensagem com apenas duas palavras que deixou os fãs da marca alvoroçados — um “Fuck you” ficou algum tempo no ar. A mensagem recebeu dezenas de RTs e foi comentada incansavelmente, até que acabou sendo removida. A empresa pediu desculpas mais tarde, mas não explicou como o xingamento acabou parando na sua conta no microblog.

    2. É para lamber a tela?

Em outubro, a Cacau Show foi a vítima da vez. A imagem que você vê circula até hoje pelas redes sociais como uma espécie de meme e deu muito que falar. A legenda para a foto dizia que a marca teria descoberto uma nova funcionalidade do Facebook, permitindo aos fãs experimentar o “irresistível sabor do chocolate”. Por uma série de motivos, o post virou uma grande piada, com pessoas comentando sobre a aparência do chocolate e outras até falando sobre propaganda enganosa. A empresa pediu desculpas explicando que costuma fazer brincadeiras utilizando a “licença poética” na rede social.

Não lamba! (Fonte da imagem: Reprodução/Exame)

    3. Danone tirando uma com o clube do Morumbi

A página do Danette, da Danone, no Facebook, resolveu tirar uma com a eliminação do São Paulo da Libertadores. “Poderia ser Danette, mas foi um chocolate no seu time do coração”, dizia a imagem. Pronto. Os são-paulinos não gostaram nem um pouco e, depois da má recepção, o post foi removido. A marca pediu desculpas pela possível ofensa.

Alguém por lá não curte o São Paulo (Fonte da imagem: Reprodução/Exame)

    4. Luciano Huck não usa TIM

Os garotos-propaganda de várias marcas ora ou outra dão o que falar nas redes sociais. Eles não costumam vestir a camisa das marcas que representam e, por isso, o apresentador da Rede Globo caiu nas graças do pessoal do Instagram. Ele postou uma captura de tela do seu smartphone pessoal mostrando que usava os serviços da Vivo e não da TIM, empresa da qual é o principal garoto-propaganda há mais de dois anos. A imagem que comemorava os 10 milhões de seguidores foi removida e ninguém se pronunciou sobre o assunto. Bom para a Vivo, que alfinetou a concorrência sem mover uma palha.

    5. Traída pelo agendamento de postagens

A Rede Globo tinha agendado uma postagem sobre sua nova série de comédia “Pé na Cova” para ser publicada no Twitter antes da tragédia da boate Kiss, no interior do RS. A página para qual a mensagem redirecionava pedia para os usuários colocarem seus nomes em uma lápide e decorar o objeto com vários enfeites sinistros. A mensagem foi publicada automaticamente no dia seguinte ao incêndio e foi muito mal recebida. A empresa foi acusada de insensibilidade para com o ocorrido. No fundo, não passou de puro azar.

Agendamento adiantado demais (Fonte da imagem: Reprodução/Rede Glogo)

    6. 11/09/2001 e a operadora AT&T

A data do atentado que destruiu as torres gêmeas em Nova York ainda é lembrada com muito pesar nos EUA. A operada AT&T tentou homenagear os mortos no atentado e acabou com uma bela gafe nas mãos. Os seguidores da companhia no Twitter não receberam bem a imagem e acusaram a empresa de tentar promover a venda do BlackBerry Z10 utilizando a tragédia para fins publicitários. A empresa explicou mais tarde que “tratava-se apenas de um tributo”.

Será que foi intencional? (Fonte da imagem: Reprodução/Exame)

    7. Galaxy x iPhone

Essa disputa já é clássica em praticamente todos os meios que você possa imaginar e não poderia ser diferente nas redes sociais. A tenista Maria Sharapova, garota-propaganda da Samsung, acabou numa saia justa parecida com a de Luciano Huck ao publicar um tweet que foi assinado com o indiscreto “Twitter para iPhone” no final. A mensagem saiu do ar, mas nem ela nem a coreana comentaram sobre o assunto.

    8. iPhone x BlackBerry

A garota-propaganda infiel da vez é Alicia Keys, representante da BlackBerry em peças publicitárias e atual diretora de criatividade da empresa canadense. Ela deixou escapar no Twitter que preferia o iPhone e virou piada na rede social. A cantora tentou justificar o ocorrido, dizendo que sua conta teria sido hackeada, mas não convenceu os seguidores. 

***

Você se lembra de mais alguma situação como essas? Compartilhe conosco nos comentários.

Cupons de desconto TecMundo: