TikTok terá aviso sobre risco de epilepsia fotossensível

1 min de leitura
Imagem de: TikTok terá aviso sobre risco de epilepsia fotossensível
Imagem: TikTok
Avatar do autor

O TikTok adicionará um recurso voltado para a acessibilidade: um aviso sobre o risco de epilepsia fotossensível em seus vídeos. A plataforma já possui avisos dessa natureza, mas agora os usuários poderão optar por não assistir esse tipo de conteúdo permanentemente, enquanto a opção encontrada no menu de configurações estiver ativada.

Esse transtorno pode ser causado por vídeos ou conteúdos que apresentem luzes e cores piscando em flashes rapidamente, ocasionando náuseas, indisposição e convulsões.

A Fundação de Epilepsia da América aponta que uma entre 26 pessoas nos Estados Unidos desenvolverão o transtorno ao longo de suas vidas, com 10% delas afetadas por convulsões. No Brasil, estima-se que até 900 mil pessoas sofram com o problema.

Dessa maneira, as novas mudanças no aplicativo são fundamentais, principalmente ao considerar o mecanismo usado pela plataforma para apresentar o conteúdo aos usuários.

Nova interface do TikTok, com avisos e opção de limitação de conteúdo fotossensível. (Fonte: TikTok, The Verge / Reprodução)Nova interface do TikTok, com avisos e opção de limitação de conteúdo fotossensível. (Fonte: TikTok, The Verge / Reprodução)Fonte:  TikTok, The Verge 

Reforçando seu compromisso com a causa, o TikTok trabalhou em conjunto com diversas organizações voltadas para o transtorno na Europa, América, Japão e Coreia do Sul.

Laura Thrall, presidente e CEO da Fundação de Epilepsia da América, comenta a atualização: "É ótimo ver o TikTok abordando esse problema fazendo mudanças em sua plataforma. Estamos orgulhosos de ter trabalhado com a TikTok nesta iniciativa e realmente apreciamos nossa colaboração contínua," conclui.

Segundo o TikTok, o novo recurso estará disponível em breve e deve chegar em seu aplicativo nas próximas semanas em todo o mundo.