Imagem de: LinkedIn lança ferramenta para transmissão de vídeo em tempo real

LinkedIn lança ferramenta para transmissão de vídeo em tempo real

1 min de leitura
Avatar do autor

LinkedIn há muito deixou de ser apenas um hub para networking e repositório de currículos para se tornar uma rede social corporativa cheia de recursos. Agora, a companhia dá um passo adiante e conta com uma ferramenta para transmissão de vídeos em tempo real.

O LinkedIn Live começou a funcionar em fase beta nos Estados Unidos, apenas para um grupo de pessoas e com convite. A ideia é oferecer um utilitário usado na cobertura de conferências, anúncios de produtos, sessões de perguntas e respostas e eventos liderados por influenciadores digitais e mentores. Até formaturas e cerimônias de premiação estão na mira da empresa.

linkedinFonte: TechCrunch

A plataforma já conta com suporte audiovisual e a ideia é ampliar a ofertar para monetizá-la de forma mais ampla. Inicialmente, o foco é mesmo o streaming ao vivo com distribuição inteligente, a partir de algoritmos que compreendam melhor os seus interesses.

Dinheiro à vista

Para isso, o LinkedIn terá apoio de sua detentora, a Microsoft, e o poder dos serviços de mídia na nuvem Azure — o que representa o primeiro grande sinal de parceria desde a compra em 2016. Além disso, já estão escalados criadores de conteúdo para participar desse processo inicial, a exemplo de Wirecast, Switcher Studio, Wowza Media Systems, Solialive e Brandlive.

A companhia não citou quais são exatamente os planos para o futuro, entretanto, fica visível aqui uma grande oportunidade de aumentar a receita com anúncios em vídeos. As possibilidades de monetização são muitas, como atrações pagas com empreendedores, eventos corporativos para os assinantes premium e serviços de transmissão de conteúdo.

linkedinFonte: TechCrunch

Com mais de 600 milhões de usuários em todo o mundo, o LinkedIn aposta muito no sucesso do LinkedIn Live para os próximos meses. Ainda não há previsão de distribuição da ferramenta para outras praças.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
LinkedIn lança ferramenta para transmissão de vídeo em tempo real