Tinder anunciou hoje (21) o lançamento de uma plataforma derivada, o app Tinder U, desenvolvida especialmente para os universitários. A ideia é facilitar o encontro dos alunos com faixa etária e interesses comuns.

Para utilizar, é preciso ter um endereço de correio eletrônico universitário (com extensão “.edu”) de uma instituição de ensino pública com pelo menos 4 anos de atividade comprovada. Para ativar o aplicativo, basta estar no campus e executá-lo, confirmando sua identidade via email. Por enquanto, a novidade será distribuída somente para dispositivos iOS nos Estados Unidos.

Entre as funcionalidades de destaque estão a possibilidade de agregar usuários de universidades próximas e o uso da geolocalização nos campi para agilizar a combinação para quem está procurando por um colega de estudo ou alguma companhia para um café — e quem sabe uma paquera.

tinder

Essa seria uma estratégia para o Tinder ampliar o uso para a faixa dos 18 anos. Mesmo com a plataforma sendo gratuita, a ideia é que boa parte dos estudantes se torne um assinante ou gaste com compras internas ao longo ou após seus cursos. Além disso, é uma forma de oferecer uma plataforma para os jovens que não querem se relacionar com os mais velhos.

Ainda não há informações sobre possível lançamento do Tinder U no Brasil.