Na última semana, começou a circular a informação de que o Twitter teria suspendido mais de 70 milhões de contas falsas, disseminadores de fake news e responsáveis por espalhar spam na rede social. Na última quarta-feira (11), a rede informou que não exibirá mais as contas suspensas na contagem de seguidores de seus usuários.

Além de se livrar de milhões de perfis que minavam a credibilidade da rede social, o Twitter viu também as suas ações caírem ao longo desta semana. Mais precisamente, a cotação de cada ação da empresa chegou a cair 9% na segunda-feira (9), reduzindo o valor de mercado da empresa em US$ 3,1 bilhões em apenas um dia.

A empresa parece não ter se alarmado com a queda e defende que ela se deve a um “temor do mercado”. Ao que tudo indica, porém, a expectativa do Twitter estava correta, porque a empresa voltou a ter os seus papéis valorizados nos dias seguintes: as ações saltaram de US$ 42,11 no início da semana para US$ 44,49 no fim desta sexta-feira (13) — dados do MarketWatch.

%MCEPASTEBIN%