A notícia de que o criador do Vine estaria desenvolvendo uma nova versão da rede social pegou muita gente de surpresa quando a novidade foi confirmada no início deste ano. Contudo, apesar do entusiasmo inicial, a escassez de informações nos últimos meses deu indícios de que as coisas não iam muito bem.

Agora, vem a confirmação de que a Vine 2.0 foi adiada por tempo indeterminado, ou seja, sem qualquer previsão de quando será lançada. Por meio do Twitter, o perfil oficial @V2app publicou um texto assinado por Dom Hoffman, criador da rede adquirida pelo Twitter em outubro de 2012 e encerrada em janeiro de 2017.

Na mensagem, ele explica que “subestimou a quantidade de entusiasmo e atenção que o anúncio [do ressurgimento da rede social] geraria”. Apesar de ser encorajador, afirma o desenvolvedor, o interesse do público também demandou a criação de uma plataforma muito mais robusta, assim, “os custos estimados apenas para os primeiros meses seriam muito altos”, muito além de sua capacidade de autofinanciamento.

Além da questão financeira, Hoffman indicou também possíveis problemas legais, apesar de não detalhar exatamente quais, envolvidos na produção. Quem sabe sejam questões envolvendo propriedade intelectual, visto que logo e marca de seu antigo produto atualmente pertencem ao Twitter.

“Resumindo a história, para funcionar, o projeto V2 precisa operar como uma companhia, com financiamento externo escalável, provavelmente de investidores”, explicou o desenvolvedor. E foi com isso em mente que o projeto foi suspenso por tempo indeterminado, então, o jeito é aguardar até que seu criador promete venha com novidades para a comunidade de entusiastas e órfãos do Vine.