Uma das novidades apresentadas pelo Facebook durante a F8 2018 foi o Dating, um serviço de encontros que pretende usar a gigantesca base de usuários da rede social para facilitar namoros. Quando se fala nesse tipo de serviço, o primeiro nome que vem à sua cabeça é o Tinder, mas não foi bem essa a inspiração da rede social para o seu novo serviço.

A companhia de Mark Zuckerberg parece ter se inspirado fortemente no Hinge, um aplicativo de encontros menos conhecido do que Tinder, OKCupid, Happn e outras opções para quem quer encontrar um par pela internet.

Como é possível notar na demonstração feita por Zuckerberg e nas imagens de divulgação, a semelhança começa na ausência da função deslizar para o lado a fim de demonstrar interesse (ou a falta dele) por um perfil do catálogo. Além disso, tanto Dating quanto o Hinge oferecem um sistema de perguntas para os usuários cujas respostas são exibidas como tópicos em seus perfis.

Facebook vs HingeFacebook tirou muita inspiração do Hinge.

A Wired, que notou a semelhança entre ambos os serviços, destaca que a forma de iniciar uma interação respondendo um tópico no perfil de alguém e até mesmo a proposta dos dois apps são basicamente idênticas. Zuckerberg avisou que a ideia de seu novo serviço é criar relações duradouras, não apenas encontros casuais, e esse também é meio que o slogan do Hinge.

Hinge vs Facebook

Um encontro nos tribunais?

Diante de tantas “semelhanças”, é natural pensar que as duas empresas terão, em breve, um encontro marcado nos tribunais, certo? Talvez não. Segundo o advogado especializado em propriedade intelectual e tecnologia Evan Brown, é pouco provável que uma ação judicial do Hinge se saia vitoriosa.

“Não imagino que qualquer reclamação do Hinge teria muitas chances de ser bem-sucedida”, comenta. “Quando você vê as similaridades entre como o Hinge se parece e como o Facebook se parece, elas são — na minha opinião — puramente factuais ou metodológicas”. Em suma, o especialista não crê que a Justiça enxergaria tais semelhanças como violação de propriedade intelectual, visto que a “cópia” se dá apenas na forma de oferecer um serviço.

Vale lembrar que somente a demonstração e imagens de divulgação foram veiculadas, portanto, não há como saber como o Facebook Dating funcionará de fato até que ele seja disponibilizado para testes. E, ao menos por enquanto, os responsáveis pelo Hinge estão lisonjeados com a “homenagem”.

“Quando a equipe Hinge viu a similaridade entre os nossos designs, especialmente o perfil e a interação, nós nos parabenizamos”, disse o vice-presidente de produto da empresa Tim MacGougan. “É gratificante ter uma das maiores companhias de tecnologia do mundo entrando no ramo de encontros e tirando tanta inspiração do Hinge.”

Cupons de desconto TecMundo: