Facebook pode seguir em breve uma tendência de mercado que já é adotada pela Apple: reduzir a dependência de fabricantes parceiras e passar a produzir os próprios componentes. No caso, a empresa de Mark Zuckerberg podem em breve começar a lidar ela mesma com processadores.

Segundo uma oferta de emprego listada no site corporativo do Facebook, a companhia busca um gerente responsável por supervisionar todas as etapas de pesquisa e desenvolvimento de um processador ou SoC (system-on-a-chip). Isso significa uma menor necessidade de recorrer a fabricantes como IntelQualcomm em licenciamentos futuros.

"O candidato ideal será um líder consensual de direcionamento com experiência de gerenciamento e liderança em organizações de pequeno e grande porte, com experiência no sistema e desenvolvimento de silício", diz o anúncio da vaga. Além disso, o candidato deve ter experiência para trabalhar com sistemas ASIC (Circuitos integrados de aplicação específica, na sigla original) e FGPA (Arranjo de Portas Programáveis em Campo) em termos de driver e firmware.

Tá, mas qual o projeto?

Não é possível dizer com certeza qual é o produto ou serviço envolvido com essa vaga de emprego — e o Facebook se recusou a comentar a matéria original da Bloomberg, claro.

Na pior das hipóteses, o novo gerente pode estar envolvido somente com data centers e servidores internos, para melhorar o poder de processamento dos sistemas internos do site e acelerar recursos de inteligência artificial e machine learning, como no caso do reconhecimento de rostos, por exemplo.

Só que ele também pode ser uma entrada do Facebook no mercado de hardwares, algo bastante especulado nos últimos meses. A rede social estaria trabalhando em um alto-falante no estilo Google Home, mas teria adiado o lançamento por conta dos escândalos de privacidade. Além disso, o Facebook é o dono da Oculus, primeira grande fabricante da atual onda de Realidade Virtual, e headsets mais poderosos não estariam descartados. Pelo texto da vaga, o projeto ainda está em fases iniciais e necessita de supervisão em todos os níveis, então informações concretas podem demorar para aparecer.

Cupons de desconto TecMundo: