Valor do Facebook aumenta em US$ 24 bilhões após depoimento de Zuckerberg

1 min de leitura
Imagem de: Valor do Facebook aumenta em US$ 24 bilhões após depoimento de Zuckerberg
Avatar do autor

O Facebook navega por águas turbulentas no momento, porém, o mar parece ter se acalmado um pouco. Após escândalos de privacidade levarem Mark Zuckerberg a depor em uma audiência no Congresso dos Estados Unidos, ele passou quase 10 horas respondendo perguntas dos senadores e foi confrontado algumas vezes, apesar de ter passado também por alguns momentos curiosos.

Dois dias depois, entretanto, os investidores parecem demonstrar uma boa resposta à movimentação de Zuckerberg.  As ações da rede social iniciaram esta quinta-feira (12) em retomada, após as quedas sequenciais dos últimos dias: o dia começou com alta de 5%, aumentando o valor de mercado da empresa em incríveis US$ 24 bilhões.

O saldo acumulado dos últimos dias, porém, ainda é negativo. Isso porque o valor de mercado da rede social caiu US$ 80 bilhões desde que o escândalo de privacidade da Cambridge Analytic, que usou dados pessoais dezenas de milhões de usuários da rede social para tentar influenciar o voto para Donald Trump, nos EUA, e a favor do Brexit, no Reino Unido, ambos os casos em 2016.

Apesar disso, o Quartz revela que a tendência é de confiança. A publicação mostra que a empresa de soluções e análises de investimento FactSet indica uma aprovação de 90% dos seus corretores em relação à aquisição de ações do Facebook. Em suma, ao menos financeiramente (e ao menos por enquanto), os cofres da rede social não serão lesados.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Valor do Facebook aumenta em US$ 24 bilhões após depoimento de Zuckerberg