Um jovem Dylan Hemphill, de 18 anos, foi assassinado durante uma transmissão ao vivo no Instagram na cidade de Detroit, Estados Unidos, nesta terça-feira (3). De acordo com o USA Today, a vítima estava na live junto de um amigo, também de 18 anos, que foi o responsável pelo disparo. Segundo ele, o disparo foi realizado de maneira acidental.

“Isso parece tão surreal. Estou chocada, muito chocada”, disse a mãe de Dylan à uma rede de TV local. Ela contou também que os dois jovens eram amigos bem próximos, “como irmãos”. Após acertar o amigo, o jovem que não teve o nome completo revelado chamou a emergência, mas Dylan morreu no local. O responsável pelo disparo está sob custódia da polícia e, segundo a imprensa, deve responder a uma acusação de crime.

Mais um caso

Além deste caso, outro também foi veiculado ao vivo no Facebook nesta terça-feira. Ainda de acordo com a publicação, um homem chamado Devyn Holmes, de 26 anos, levou um tiro na cabeça depois de ele e dois amigos pararem o carro em um posto de gasolina. Eles estariam de posse de duas armas e, acreditando que elas estavam descarregadas, uma das pessoas no carro disparou contra Holmes.