Além de cutucar a Apple, Mark Zuckerberg usou a sua participação no podcast da Vox, que foi ao ar hoje (2), para falar sobre algumas novidades no futuro do Facebook. Uma das informações antecipadas pelo fundador e presidente da plataforma envolve a possibilidade de apelação que cada usuário terá quando tiver um conteúdo removido da rede social.

“Hoje em dia, se você posta alguma coisa no Facebook, alguém reporta e os nossos operadores de comunidade ou a equipe de revisão avalia e decide que o conteúdo precisa ser removido, não há, de fato, uma forma de apelar contra isso”, comentou Zuckerberg. “Penso que, como em qualquer sistema democrático em bom funcionamento, é necessário ter uma forma de apelar.”

Mark ZuckerbergMark Zuckerberg quer que o Facebook se torne mais democrático.

Zuckerberg vê a implementação desse sistema como um primeiro passo e afirma ainda que a ideia, a longo prazo, é que o sistema de apelação para remoções indevidas seja independente. De qualquer maneira, a palavra final permanecerá com o Facebook.

“O pessoal do Facebook toma uma primeira decisão com base nos padrões de comunidade já estabelecidos e, então, outras pessoas podem ter uma segunda opinião. Imagine um tipo de estrutura quase como a Corte Suprema composta por pessoas independentes que não trabalham para o Facebook, que, em último caso, realiza o julgamento final sobre o que deveria ser um discurso aceitável em uma comunidade capaz de refletir as normas e valores sociais de pessoas em todo o mundo”, contou o executivo.

Apesar de falar em “primeiro passo”, Mark Zuckerberg não deu qualquer prazo para que esse sistema de apelações seja colocado em prática.

Cupons de desconto TecMundo: