O Twitter está longe de ser tão popular quanto o Facebook, mas é inegável que a rede dos 280 caracteres é um espaço muito mais amigável para conferir notícias de última hora. Pensando em mudar esse panorama, o Facebook começa a testar uma novidade: o uso do selo “notícia de última hora” (tradução livre de “breaking news”) para destacar temas em desenvolvimento em meio ao Feed de Notícias.

Inicialmente, apenas um número limitado de veículos de notícias que estão no Facebook terão acesso ao selo. Ele poderá ser mantido por um período mínimo de 15 minutos e máximo de 24 horas, revelou o Recode nesta quinta-feira (30), e cada página terá a possibilidade de marcar uma notícia como “breaking news” apenas uma vez a cada 24 horas.

Breaking NewsSelo especial destaca notícias atuais e ainda em desenvolvimento no Facebook.

Ao menos por enquanto, o selo não serve para impulsionar o alcance de uma postagem, mas essa é uma possibilidade considerada pelo Facebook para o futuro. “Como parte deste teste, avaliaremos se as postagens de notícias de última hora deveriam ser incorporadas em um ranking”, informou um representante da empresa de Mark Zuckerberg.

A novidade contraria um pouco a prática tradicional do Facebook de mostrar aquilo que os seus algoritmos acham que cada usuário quer ver. A ideia de destacar notícias de última hora, então, vem como uma abordagem diferenciada para tentar tornar a plataforma relevante não só para conteúdos de cauda longa, mas, também, como uma fonte de notícias em tempo real.

Cupons de desconto TecMundo: