Um novo perfil no Twitter começou a funcionar no último dia 20 de outubro e, desde então, tem virtualmente caçado robôs no microblog. O perfil se chama @probabot­_ e também é gerido por um robô. Ou seja, temos aqui praticamente a trama de Blade Runner 2049. Mas, no Twitter, o @probabot­_ não está “matando” ou “aposentando” ninguém. A conta simplesmente avalia o comportamento de outros perfis e determina se elas são geridas por bots ou não. Em seguida, o @probabot­_ publica um tweet dizendo quais são as chances de determinada conta ser de um bot.

A ferramenta só expõe perfis com alta pontuação no “Botometer”, um software desenvolvido com inteligência artificial especialmente para mensurar as chances de contas do Twitter serem geridas por bots. O que o @probabot­_ faz, portanto, é consultar o Botometer com perfis que publicam conteúdo sobre política em inglês. Caso o resultado seja maior que 60%, um tweet automático é emitido.

O @probabot­_ já expôs contas que se passavam por humanos e também perfis noticiosos que publicam links de sites suspeitos, normalmente de conteúdo falso. Em outras palavras, disseminadores de “fake news”. Contas com mais de 10 mil seguidores humanos já foram expostas, todas com cunho político.

É possível dizer que 20% de todos os tweets de cunho político publicados nos EUA foram feitos por bots

Isso porque o @probabot­_ foi feito pelo pessoal do Quartz em uma tentativa de expor a fragilidade do Twitter nesse sentido. A rede social chegou a afirmar às autoridades norte-americanas que somente 5% de suas contas ativas são identificadas como bots. Contudo, se for feito um recorte desse universo, é possível dizer que 20% de todos os tweets de cunho político publicados nos EUA desde a campanha eleitoral que levou Donald Trump à presidência foram feitos por bots. Ou seja, 1 em cada 5 tweets vistos pelos eleitores dos EUA eram, na verdade, de autoria de robôs desenvolvidos especialmente para influenciar a opinião pública.

Uma das contas expostas pelo @probabot­_ havia tweetado 1,14 milhão de vezes desde abril de 2016, uma média de 2 mil tweets por dia. Algo claramente inumano. Mesmo assim, os sistemas automáticos de identificação de bots do Twitter deixou a conta passar.

botometerDescubra quem entre seus amigos tem maiores chances de ser um bot

Caso você queira identificar por si mesmo as chances de alguma conta no Twitter ser controlada por um bot, consulte o nome do usuário no Botometer através deste link. Conte pra gente nos comentários se achar algo interessante.

Cupons de desconto TecMundo: