Por ser uma rede social voltada para fotografia, o Instagram desde muito cedo foi dominado por fotógrafos profissionais que começaram a publicar “imagens perfeitas”. Seus feeds cuidadosamente curados com imagens especialmente bem iluminadas eram considerados uma ode ao bom-gosto até que — segundo especialistas do próprio Instagram responsáveis por parceiras com empresas de moda — perderam seu apelo por terem se tornado muito comuns.

“O café da manhã é uma alegoria para todas as fotos no Instagram”, disse Eva Chen, uma das especialistas dessa equipe que lidera as parcerias de moda, durante um seminário pré-New York Fashion Week. Nesse seminário, ela uma colega explicaram para as empresas de moda, bem como para modelos, algumas boas práticas de como conseguir chamar atenção na rede social. Tudo o que elas dizem essencialmente remete à naturalidade em vez de fotos cuidadosamente produzidas.

Chen explicou que, no início, o Instagram era uma plataforma absolutamente casual. Tanto é que a primeira foto postada na rede social, do CEO e cofundador da empresa, Kevin Systrom, trazia um cachorro olhando para cima ao lado de seu pé. Na imagem que você confere, Systrom usava um chinelo simples, longe de qualquer estilo ou moda de perfeição.

Pouco tempo depois, entretanto, a especialista afirma que a onda dos “produtores de conteúdo profissionais” chegou com imagens superfotogênicas. “Isso se tornou a regra, e o Instagram ficou meio que saturado com essas fotos”, disse Chen. Por conta disso, ela afirmou que o “perfeito não funciona mais”. Não dá para se destacar fazendo o que todos fazem, afinal.

Apesar disso, a especialista não acredita que as pessoas não devem mais publicar fotos bonitas. Contudo, é necessário variar um pouco o feed com algumas imagens inesperadas ou extrovertidas. Ao mostrar pessoas, o ideal é que elas não estejam completamente posadas ou fazendo alguma expressão pouco natural ou nada espontânea.

Nenhum dado concreto foi mostrado para embasar essas afirmações de Chen, mas considerando que ela é uma especialista da rede social, é muito provável suas dicas realmente demonstrem uma nova onda na rede social, não apenas para moda, mas também para outros segmentos.

Cupons de desconto TecMundo: