Não há dúvidas de que o Facebook tem se tornado cada vez mais popular entre os usuários e conquistado pessoas de perfis bem variados com o passar do tempo. Na tentativa de mapear aqueles que estão na rede social criada por Mark Zuckerberg, pesquisadores da Brigham Young University realizaram um estudo para entender o perfil dos usuários da página.

Para compor o resultado que você confere abaixo, o time de pesquisadores distribuiu 48 perguntas para 47 pessoas com idades entre 18 e 32 anos. Nelas, os entrevistados foram convidados a dar notas para indagações como “o Facebook é uma fonte de estresse, e isso me deixa depressivo”, “o Facebook me ajuda a expressar meu amor à minha família e vice-versa” e algumas outras.

Com esses relatórios, o time conseguiu criar quatro perfis: construtores de relacionamento, “stalkers”, informantes e amantes de selfies. Caso esteja curioso, você pode saber um pouco mais sobre cada um deles a seguir:

Construtores de relacionamento

Sabe aquela tia que você não vê há bastante tempo e que mal usa a internet ou até mesmo a sua mãe? Essas são pessoas que se enquadram perfeitamente nesse grupo, tendo em vista que elas estão na rede social unicamente para manter contato com os familiares e raramente compartilham um pensamento ou histórias que não estejam associadas aos filhos, sobrinhos e por aí vai.

Além disso, costumam comentar em praticamente tudo que é publicado, além de compartilhar vários vídeos motivacionais ou fotos que claramente vieram do Google – desde que, claro, tenham algum significado fofinho.

Amantes de selfies

Você tem aquele amigo que publica uma foto de si mesmo mostrando essencialmente tudo que faz na vida, inclusive o almoço, a janta e até mesmo onde está passeando com o cachorro? Esse é certamente um amante de selfies, e enxerga o Facebook como uma plataforma para se autopromover.

Um comportamento comum encontrado nessas pessoas é a paixão por curtidas: se as suas fotos não atingem um certo número de “likes”, possivelmente esses usuários vão se sentir menos queridos pelos seus amigos.

Stalkers

Todo mundo tem um amigo que até acessa o Facebook com frequência, mas dificilmente publica algo em seu perfil. O motivo? Possivelmente ele está na rede social apenas para saber o que acontece na vida dos outros, e por isso pode ser enquadrado no grupo dos stalkers.

Aliás, eles não se resumem apenas a observar dados daqueles que conhecem. Caso estejam interessados em alguém, vão observar o status de relacionamento e até mesmo as fotos para ver se os perfis batem, bem como se manter por dentro de todos os assuntos que estão na boca do povão.

Informantes

Como o próprio nome dá a entender, aqueles que se enquadram nessa categoria estão na rede social basicamente para informar sobre aquilo que está acontecendo no mundo – ou seja, amigos que estão no Facebook apenas para compartilhar links de diversos sites de notícia provavelmente se enquadram aqui.

Um detalhe curioso é que as pessoas que se encaixam nesse grupo não costumam interagir com os amigos na rede social, optando por ligar e até mesmo se encontrar pessoalmente com cada um para ficar por dentro daquilo que está acontecendo na vida deles.

...

E você, consegue se identificar em dos grupos mencionados acima? Deixe a sua ideia no espaço mais abaixo destinado aos comentários.

Cupons de desconto TecMundo: