A era dos fake “qualquer coisa” parece finalmente estar em sua posição máxima, com notícias e vídeos publicados na internet levando milhões de internautas a informações equivocadas. Uma das principais plataformas de conteúdo da atualidade, o Facebook anda fazendo de tudo para coibir essas práticas em seus domínios. Agora, a empresa quer combater uma nova leva de males que anda assolando o site: os anúncios falsos.

Para Zuckerberg e sua equipe, uma publicidade correta deve ter um link que corresponde ao conteúdo exibido na linha do tempo dos usuários – da mesma forma que ocorre com os artigos considerado idôneos pela rede social. O problema é que alguns espertinhos estão burlando esse sistema ao enviar uma URL para os responsáveis pela aprovação do material, mas colocar outro endereço na hora de publicar os banners ou posts patrocinados.

Procedimento para enganar tanto o Facebook quanto os usuários do site

O resultado disso são anúncios que muitas vezes violam boa parte das políticas de conduta do Facebook e enganam o consumidor – que acaba sendo induzido ao erro ou é levado a páginas maliciosas. Para lidar com esse novo cenário prejudicial ao público, a companhia resolveu tomar algumas medias imediatas. A primeira delas? Fazer com que qualquer anunciante pego no flagra utilizando esse tipo de estratégia seja sumariamente banido da plataforma.

Além disso, o portal resolveu recorrer à inteligência artificial para detectar e remover rapidamente esse tipo de peça do ar. Claro que o Facebook ainda vai contar com funcionários de carne e osso revisando esse conteúdo, mas a IA deve dar uma boa ajuda para lidar com o grosso dos fake ads. E aí, você já se deparou com anúncios como esse na rede social?

Cupons de desconto TecMundo: