Quem já viajou para outro país certamente se deparou com a situação de preencher um formulário que visa reunir várias informações de visitantes. Porém, se um projeto que foi apresentado nos Estados Unidos for aprovado, a ficha da terra do Tio Sam pode receber campos adicionais para que você mencione as suas identidades nas redes sociais (certamente Facebook e Twitter devem integrar a relação).

De acordo com as informações divulgadas, a medida vai valer tanto para aqueles que precisam apresentar o visto assim que chegam ao país quando para os que integram o grupo do programa Visa Waiver (neste, os estrangeiros preenchem um formulário eletrônico).

Até o momento, não se sabe se os oficiais do governo vão usar tais dados para fins investigativos já na chegada ao país ou em algum momento posterior, e o viajante tem a liberdade de decidir se deseja ou não compartilhar essas informações. Entretanto, é válido mencionar que não preencher tais campos pode levantar algum tipo de suspeita.

Por enquanto a ideia é apenas um projeto. Antes de passar a ser algo válido, os habitantes da terra do Tio Sam têm 60 dias para fazer comentários a respeito dessa proposta

“Coletar dados de mídias sociais vai melhorar o nosso processo investigativo atual e oferecer ao Departamento de Segurança Nacional maior clareza e visibilidade a possíveis atividades nefastas e conexões”, diz o texto.

Por que estão fazendo isso?

Apesar de não haver nenhum tipo de confirmação, há chances de que essa medida esteja relacionada ao caso que aconteceu em dezembro do ano passado: o atentado de San Bernardino, que matou 14 pessoas e feriu outras 21. Na ocasião, um dos autores da ação fez um anúncio público em seu Facebook durante o ocorrido, além de ter trocado informações com amigos sobre ataques violentos por meio de mensagens privadas.

O ataque de San Bernardino foi um dos mais recentes sofrido nos Estados Unidos; entretanto, em 2016 também tivemos o ocorrido em uma boate em Orlando

E quando isso entra em vigor?

Como mencionamos mais acima, por enquanto a ideia é apenas um projeto. Antes de passar a ser algo válido, os habitantes da terra do Tio Sam têm 60 dias para fazer comentários a respeito dessa proposta. Após esse período, ela será avaliada e colocada em prática caso aprovada.

Cupons de desconto TecMundo: