(Fonte da imagem: Reprodução / Patenty Apple)

A Apple registrou junto aos órgãos americanos uma nova tecnologia de reconhecimento facial, que serviria como alternativa às senhas numéricas ou de caracteres utilizadas em seus dispositivos. A novidade, que pode ser aplicada tanto em celulares quanto em computadores, analisa os olhos, a boca e a ponta do nariz dos usuários, calculando a distância entre eles para definir se aquele é realmente o dono do aparelho.

A patente também indica a possibilidade de um suporte para múltiplos usuários, permitindo que cada um acesse seu próprio perfil nos aparelhos. O registro, porém, não significa que a Apple efetivamente vá usar o sistema e pode servir apenas como uma maneira da empresa proteger suas criações de cópia ou espionagem industrial.

Uma tecnologia desse tipo já é usada na versão 4.0 do sistema operacional Android e pode ser facilmente burlada caso o dispositivo seja apresentado a uma foto de rosto do usuário original. Como a novidade patenteada pela Apple funciona da mesma maneira, ela também estaria sujeita às mesmas vulnerabilidades.

Cupons de desconto TecMundo: