A tecnologia de reconhecimento facial ainda tem graves problemas

1 min de leitura
Imagem de: A tecnologia de reconhecimento facial ainda tem graves problemas
Avatar do autor

As tecnologias de reconhecimento facial, por oras, são assustadoramente incríveis. Por exemplo, quando você posta uma foto no Facebook e a ferramenta da rede social já indica a marcação de amigos que ela reconhece na imagem. Por outro lado, uma pesquisa mostra que essa tecnologia também é facilmente driblada — e com segurança zero, qualquer tecnologia tem problemas bem graves. Como? Com um simples óculos que custa 22 centavos de dólar.

Os pesquisadores da Carnegie Mellon University desenvolveram um óculos por meio de uma impressora 3D. O acessório, que custou 22 "cents" para ser fabricado (cerca de R$ 0,72), tem as cores dispostas de maneira própria para atrapalhar softwares de reconhecimento facial.

Para encontrar similares faciais, os softwares comparam a coloração de pixels em áreas específicas de rostos por meio de redes neurais. Dessa forma, as informações são cruzadas para chegar ao ponto final. O óculos desenvolvido pelos pesquisadores ataca exatamente nessa função, alterando os padrões de pixels.

Em média, a pesquisa teve uma taxa de sucesso de 90% ao enganar os softwares de reconhecimento facial. Para saber os detalhes do estudo, clique aqui.

Óculos de R$ 0,72

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
A tecnologia de reconhecimento facial ainda tem graves problemas