A Intel está sediando um dos grandes eventos de desenvolvimento do ano, o Intel Developer Forum 2016, em São Francisco, nos EUA, no qual o TecMundo está presente a convite da empresa. Foi lá que ela anunciou algo que pode surpreender a todos os consumidores nos próximos anos.

Estamos falando do Project Alloy, que acaba de ser mostrado pela primeira vez. Trata-se de um headset de realidade virtual completamente autônomo.

Ou seja: ele dispensa a utilização de outros equipamentos, pois todos os componentes estão integrados a ele.

Isso inclui a presença de CPU, GPU, memória, baterias, chips de conectividade e sensores no próprio aparelho — da mesma forma que acontece com os HoloLens.

Há ainda a presença de câmeras RealSense da própria Intel, responsáveis pela verificação dos ambientes próximos. A Intel garante que isso pode fazer do Alloy um sistema completo e seguro para a utilização.

De acordo com a Intel, isso tudo deve permitir a criação de conteúdos que misturem realidade virtual e aumentada com situações reais. Ele é equipado com Windows Holographic e vai permitr uma série de aplicações de alto nível.

O Project Alloy como vemos nas imagens desta matéria não deve chegar ao mercado, pois se trata de um modelo de referência. A empresa garante que ele será open source e os kits devem ser liberados na segunda metade de 2017. Será que veremos grandes possibilidades com essa tecnologia?

Cupons de desconto TecMundo: