Os aparelhos de televisão surgiram como uma grande revolução. Eram grandes caixas de madeira que traziam em preto e branco uma janela para outro mundo. Depois a tecnologia avançou, elas ficaram coloridas, ganharam imagem melhor, e o som também ganhou qualidade.

Quando o Surround surgiu o barulho foi imenso – em ambos os sentidos. Não falando só da nova tecnologia de som, mas também a revolução que ele causou, trazendo o som para fora da televisão e colocando o espectador praticamente dentro do que está acontecendo. Pois agora ele ganhou um upgrade.

Pesquisadores do MIT Media Lab estão desenvolvendo o “Surround Vision”, ou Visão Surround. Já deu para perceber do que se trata? Agora quem sai da televisão não é som, e sim a imagem.

Mas calma. Não se trata de uma nova tecnologia 3D e sim uma interação com a TV, semelhante à realidade aumentada. As imagens saem de seu aparelho e vão direto para seu dispositivo móvel – smarphone, netbook – qualquer um que tenha conexão com internet.

Sabe aquela cena de determinado filme em que o carro passou lotado no fundo da tela, foi para o lado esquerdo e sumiu? Pois é só colocar o celular para o lado da TV e acompanhá-lo, seja lá para onde ele for.
Ou então aquele lance no jogo que você queria ter visto a reação do lateral, mas a bola foi pro meio de campo? Com o seu dispositivo móvel apontando para a direção em que ele ficou, é a sua imagem que você verá.

Surround Vision

Santiago Alfaro, um dos desenvolvedores resgatou aquela antiga ideia de que a TV é uma janela para um mundo diferente. Oras se a televisão é uma janela para outro lugar, por que não poder abrir uma também em outra direção e ver o que acontece daquele lado?

E colocar telas ao lado da TV não seria mais fácil? Sim, pode ser, mas não seria a mesma coisa. Isso porque a ideia do projeto é mudar a dinâmica e o modo de se assistir televisão. Dar liberdade para quem está assistindo e uma experiência pessoal para que você possa olhar para onde quiser, a hora que der vontade.

Se estiver vendo algum show com um amigo, ele pode chamar-lhe e falar “olha o que está acontecendo aqui” e você pode - literalmente - virar, apontar seu dispositivo móvel e ver o que está passando “fora” da TV.

Como funciona

Como dito anteriormente ele funciona como uma espécie de realidade aumentada. O que você vê no seu aparelho de mão seria transmitido por internet, como um “complemento” ao que passa na televisão.

Assim, quem transmite também deve mudar seu modo de trabalhar, tendo câmeras em várias direções cobrindo tudo o que possa ser captado pela Visão Surround. Utilizando do acelerômetro, ele detecta a posição da televisão e envia as imagens da esquerda, direita, cima, baixo.

O problema é que os atuais aparelhos ainda não tem um acelerômetro com sensibilidade suficiente para detectar os movimentos mais sutis necessários para essa tecnologia. Então os desenvolvedores utilizaram uma adaptação, instalando um magnetrômetro em um celular existente, e conciliaram-no com as ferramentas deste aparelho, para que fosse possível a interação perfeita entre dispositivo de mão e televisão.

O MIT Media Lab ainda deve fazer muitos outros testes com essa nova tecnologia. Estão previstos alguns nos próximos meses, que incluem eventos esportivos e programas de auditório.

A verdade é que mais uma vez o caminho da evolução anda de mãos dadas com dispositivos móveis. Usar o smartphone para acompanhar o que acontece fora da televisão com certeza têm tudo para ser uma experiência revolucionária, aumentando a individualidade de cada um ao se poder olhar para onde quiser.

Se o som Surround trouxe a possibilidade de se ouvir um helicóptero passando por cima da cabeça, agora o espectador poderá virar e vê-lo passando!

E você? Gostou da novidade? Será que a Visão Surround irá revolucionar o modo como se vê televisão, da mesma forma que o som fez? Deixe seu comentário!

Cupons de desconto TecMundo: