Muita gente pensa que uma pessoa só se sente saciada quando come em grande quantidade. Mas, quem costuma acompanhar as notícias no Tecmundo deve se lembrar de uma pesquisa realizada pela Universidade de Tóquio que testava a influência da percepção visual nessas ocasiões. Na época, foi afirmado que quanto maior a quantidade de comida vista pela pessoa ao se alimentar, mais rapidamente ela se sentiria satisfeita.

Com isso em mente, a equipe de cientistas desenvolveu um protótipo que faz uso da realidade aumentada para fazer com que os alimentos aparentem ser maiores do que realmente são. Por enquanto, as pessoas são obrigadas a usarem uma espécie de capacete com câmera e display embutidos e segurar a comida contra um fundo azul de chroma key. Assim, um algoritmo faz com que não apenas a comida fique maior, como também corrija a imagem da mão que a segura, distorcendo-a para que fique mais natural no vídeo.

Agora, o projeto foi conferido de perto pelo DigInfo, que inclusive publicou um vídeo com entrevista e imagens dos envolvidos na pesquisa. No futuro, é provável que o sistema passe a funcionar com qualquer plano de fundo e que a parafernália na cabeça seja substituída por um equipamento similar ao Google Glass. Mas, por enquanto, o projeto já tem dado resultado. Testado com 12 voluntários, a quantidade de alimento ingerido caiu 10% quando exibido com ampliação de 1,5 vez.

Curiosamente, o estímulo também funciona de maneira contrária. Ao fazer o alimento parecer menor, os voluntários passaram a comer mais. Segundo os pesquisadores, isso também é útil e poderia ser usado, por exemplo, para aumentar a ingestão de alimentos saudáveis.

Cupons de desconto TecMundo: