Responsável pela apresentação de alguns conceitos bastante interessantes durante a CES 2017, a Razer não teve um final de feira muito positivo. Segundo foi confirmado pelo CEO da companhia, Min-Liang Tan, dois dos protótipos trazidos ao evento foram roubados do espaço ocupado por ela.

“Fui informado que dois de nossos protótipos foram roubados de nossa cabina na CES hoje”, afirmou Tan em sua página do Facebook. “Preenchemos os relatórios necessários e estamos trabalhando com a gerência do show assim como com as forças policiais para resolver esse assunto”.

Isso é trapacear, e isso não é algo que vamos aceitar

Ainda não se sabe quais foram os produtos roubados, mas já há quem cogite que os itens subtraídos sejam o Project Ariana — uma nova espécie de projetor baseado na linha Chroma — ou o impressionante modelo do Blade Pro com três displays 4K conhecido como Project Valerie.

Tan não descarta a possibilidade de que o roubo tenha sido realizado por algum concorrente na tentativa de fazer espionagem industrial. “Isso é trapacear, e isso não é algo que vamos aceitar. As penalidades por crimes do tipo são graves e qualquer um que decidir fazer isso claramente não é esperto”, declarou o CEO.

Cupons de desconto TecMundo: