A Razer surpreendeu muitas pessoas na última segunda-feira (17) ao anunciar a compra da THX, uma das empresas de áudio mais conhecidas do mundo. Sem revelar valores da transação, a fabricante de acessórios garante que a empresa de áudio criada por George Lucas vai continuar operando de forma independente e que, a princípio, não deve haver mudanças em seu quadro de funcionários.

“A Razer tem a visão de inovar em cada nível de entretenimento, algo que a THX tem promovido desde sua criação há mais de 30 anos”, afirmou o CEO da Razer, Min-Liang Tan. “Essa aquisição vai nos permitir reforçar a liderança da Razer nos jogos e estender a marca a mais áreas do entretenimento ao mesmo tempo em que dá poder à THX para ela se desenvolver em uma grande força global de forma independente”.

A THX deve continuar operando de forma independente

a THX vai trabalhar com a Razer, mas vai primariamente continuar a oferecer serviços a nossos parceiros na indústria

“Nosso foco foi sempre assegurar que qualquer pessoa possa ter acesso a entretenimento de alta qualidade, independente de seu meio de escolha. Com a Razer, podemos continuar a fortalecer nossa principal linha de negócios enquanto entregamos serviços excelentes para as necessidades dos consumidores. Como uma companhia independente, a THX vai trabalhar com a Razer, mas vai primariamente continuar a oferecer serviços a nossos parceiros na indústria”, afirmou o CEO da THX, Ty Ahmad-Taylor.

Questionado pelas razões para a compra, o CEO da Razer afirmou que as tecnologias da THX e suas propriedades intelectuais são importantes para seus fãs e entusiastas do meio audiovisual como um todo. “Os designers audiovisuais e engenheiros da THX são alguns dos mais talentosos do mundo. Eu posso dizer isso com certa autoridade, tendo trabalhado diretamente com Laurie Fincham e seu time quando fizemos o rpojeto Razer/THX Mako há alguns anos”.

Cupons de desconto TecMundo: