Nesta quarta-feira (31 de agosto), a Quantum reuniu a imprensa em São Paulo para apresentar seu mais novo smartphone top de linha: o Quantum Fly, que sucede o Quantum GO no mercado de aparelho da alta gama-média.

Assim como o primeiro celular da fabricante brasileira, este dispositivo foi pensado nos consumidores que querem encontrar uma opção com ótimo desempenho e sem preço que ultrapasse (de longe) a casa dos R$ 2 mil.

Quer saber quais são as apostas da Quantum para este novo aparelho? Nós estivemos no evento da fabricante brasileira e descobrimos. Acompanhe.

Hardware poderoso

Um dos grandes destaques do Quantum GO era o hardware contundente que fazia parte do aparelho. No novo Fly, a fabricante decidiu apostar novamente nas especificações técnicas, fazendo com que o dispositivo surja no mercado com alguns números que podem deixar os consumidores bem impressionados.

Nisso, não há como deixar de destacar o processador deca-core utilizado no sistema. Produzido pela MediaTek, o chip Helio X20 consegue realizar operações de alto nível e atingir os clocks de até 2,1 GHz. Este componente ainda conta com tecnologia tri-cluster e promete bastante economia de energia, fazendo com que as baterias do Fly não sejam drenadas em pouco tempo. Você pode conferir mais sobre as tecnologias da MediaTek neste especial.

Quanto à memória RAM, o Fly surge com 3 GB para fornecer uma base sólida na obtenção de sistemas multitarefas, já pronto para as próximas atualizações do Android. Com relação ao armazenamento de dados não há grandes surpresas, pois o dispositivo traz os mesmos 32 GB da geração anterior.

Uma diferença bem interessante entre o Fly e o GO está nas opções de conectividade. Desta vez, a Quantum não trouxe versões sem 4G para o mercado. Ou seja, os consumidores não terão que escolher entre um dispositivo que conte apenas com 3G e outro que ofereça conexões às redes mais velozes.

Com chip MediaTek Helio X20 e 3GB de RAM, o aparelho promete alto desempenho para os consumidores

Vale dizer que uma das maiores novidades está no sensor de impressões digitais na parte traseira do aparelho, que aproveita as mudanças do Android para garantir muito mais rapidez no desbloqueio dos smartphones. Exatamente: o Quantum Fly traz um sistema de desbloqueio biométrico diretamente no dispositivo.

Especificações técnicas

  • Sistema operacional: Android 6.1 Marshmallow (com promessa de atualização)
  • Tela: IPS LCD de 5,2 polegadas
  • Resolução: 1920x1080 pixels
  • Densidade de pixels: 423 ppp
  • Processador: MediaTek Helio X20 deca-core
  • Clock de processamento: 2,1 GHz
  • GPU: Mali-T880MP4
  • Clock da GPU: 780 MHz
  • Memória RAM: 3 GB
  • Memória de armazenamento: 32 GB
  • Conectividade: 3G, 4G, Wi-Fi e Bluetooth
  • Câmera traseira: 16 MP (abertura f/2.0) com autofoco PDAF
  • Câmera frontal: 8 MP (abertura f/2.2) com flash dual-tone
  • Bateria: 3.000 mAh
  • Dimensões: 149,2 x 73,5 mm
  • Espessura: 7,5 mm
  • Peso: 140 g

Design

Não houve uma grande modificação no design do aparelho nesta nova geração, apesar de ele estar maior por causa da tela de 5,2 polegadas. A Quantum optou por trazer o Fly com os mesmos traços que foram vistos no GO. Isso significa que estamos diante de um smartphone bem sólido e bastante quadrado, com a mesma leveza de antes.

Com Gorila Glass em todas as faces, vale lembrar que ele pode se mostrar um pouco escorregadio, assim como aconteceu com o seu antecessor. Vale mencionar também que foram trazidas novas cores para os aparelhos: Aurora Blue (azul), Cherry Blossom (Rosa) e Stone Grey (Cinza).

Câmeras de alto nível

Assim como o primeiro modelo, o Fly a Quantum traz recursos de câmera voltados aos consumidores mais exigentes. O destaque fica para o sensor traseiro de 16 megapixels que promete a captura de imagens com alta qualidade e muita velocidade, uma vez que o chip deca-core da MediaTek também deve entregar autofoco veloz e processamento rápido dos materiais (com foco PDAF e abertura f/2.0).

Na parte frontal, a câmera foi especialmente pensada para quem adora selfies. Novamente, a Quantum investiu em lentes com ângulos de 80 graus (mais amplos do que câmeras frontais comuns). Com isso, os usuários podem conseguir tirar suas selfies com mais qualidade, permitindo ainda que várias pessoas sejam encaixadas em uma mesma fotografia.

Novos acessórios

A Quantum aproveitou o evento para mostrar dois novos acessórios para os seus consumidores. O primeiro deles é um fone de ouvido sem fio (Bluetooth) Quantum LIV para os apaixonados por música. O dispositivo conta com tecnologia de cancelamento de ruídos e promete qualidade Hi-Fi pelo preço de R$ 499.

Para quem quer áudio menos individual, há também o Quantum BOOM, uma caixa de som Bluetooth com 15 watts de potência e tecnologia Shaker (que promete utilizar a superfície para ampliar a potência de saída de áudio). Este dispositivo vai chegar ao mercado brasileiro pelo preço de R$ 399.

Preço e disponibilidade

O Quantum Fly anunciado neste dia 31 de agosto tem as vendas previstas para o começo de setembro, realizadas em todo o Brasil pelo site http://www.meuquantum.com.br, mas a fabricante não descarta levar os aparelhos para redes de varejo (em lojas físicas ou virtuais) em breve. O preço sugeridos pela Quantum você confere logo abaixo:

  • Quantum Fly 32 GB (4G): R$ 1,499 (R$ 1.299 à vista no boleto)

Assim que tivermos acesso ao Quantum Fly, vamos disponibilizar aqui no TecMundo a nossa análise completa do smartphone. Já está ansioso para conhecê-lo de perto?

Cupons de desconto TecMundo: