Quem é dono de um smartphone já deve ter sentido o aparelho emitir forte calor, principalmente depois de muito tempo de uso. Um dos grandes culpados é o processador, que precisa se desdobrar para gerar potência o bastante para rodar aplicativos em multitarefa ou jogos pesados, por exemplo – e isso acaba com a capacidade da bateria e o desempenho do telefone.

Com a intenção de mostrar que seu chip Snapdragon S4 é ainda mais potente, mas está longe de superaquecer assim, a Qualcomm publicou um teste divertido: colocou três aparelhos funcionando ao máximo lado a lado e, sobre eles, um pedaço de manteiga. Como o alimento derrete a 35 °C, era só observar a ação de cada processador com o passar do tempo: alguns chegaram a passar dos 55 °C.

O HTC One S, que rodava a partir de um Snapdragon S4, mostrou-se bem mais “equilibrado” dos que os demais – um Galaxy S2 e um Droid RAZR. Apesar da vitória, chips mais recentes, como o Tegra 3 e o Exynos Quad (do Galaxy S3) foram deixados de lado. Será que o resultado seria diferente?

Fonte: Qualcomm

Cupons de desconto TecMundo: