A Qualcomm assinou um contrato para comprar a “concorrente” NXP Semicondutores, uma fabricante de chips que atua no mesmo segmento, mas que vende produtos essencialmente diferentes. A aquisição deve ser feita por impressionantes US$ 39 bilhões, o que representa o maior negócio do tipo na história da indústria de semicondutores.

Os principais negócios das duas empresas são focados em produtos diferentes

O anúncio da compra foi feito por um comunicado à imprensa conjunto, mas a incorporação ainda não está concretizada, uma vez que os órgãos reguladores dos países envolvidos precisam fazer avaliações e aprovar a operação, a fim de evitar monopólio. Contudo, como os principais negócios das duas empresas são focados em produtos diferentes, não deve haver muita dificuldade nesse sentido.

Enquanto a Qualcomm é forte em sistemas em um chip (SoC), como os Snapdragon, a NXP é famosa por seus chips individuais para comunicação, como os controladores de NFC que vão em smartphones da Apple e da Samsung.

"Melhor posicionados"

“A aquisição da NXP acelera nossa estratégia de estender nossa tecnologia mobile para novas e robustas oportunidades. Combinando as capacidades líderes em SoC e tecnologia em planejamento da Qualcomm com os canais de venda e a posição nos mercados automotivo, de segurança e de internet das coisas da NXP, nós estaremos melhor posicionados para empoderar nossos clientes”, disse Steve Mollenkopf, CEO da Qualcomm.

Ainda não existem prazos para a finalização da aquisição, mas é provável que a tecnologia da NXP seja incorporada nos chips Snapdragon da Qualcomm muito em breve. Isso é interessante para fabricantes de smartphones, que precisarão comprar menos componentes para lidar com as mesmas funções em seus dispositivos.

Cupons de desconto TecMundo: