(Fonte da imagem: Divulgação/Sony)

Usar projetores dentro de casa para fins de entretenimento não é exatamente uma novidade, mas, ao que parece, a Sony quer “reinventar” este tipo de prática. Durante a CES 2014, a companhia japonesa apresentou o Life Space UX, um projetor que pretende transformar qualquer parede de sua casa em uma tela 4K de até 147 polegadas.

O foco é ambicioso e promete ser uma ideia para as interfaces no futuro, apesar de ter poucas informações conclusivas divulgadas a seu respeito até agora — o pessoal do Engadget até brinca que isso é o que diferencia os novatos dos veteranos na CES: enquanto os primeiros se preocupam em mostrar produtos, os segundos costumam levar “ideias abstratas” para o palco da maior feira de tecnologia do planeta.

Mas quem apresentou o Life Space UX foi ninguém menos do que Kaz Hirai (foto), o presidente da Sony. “As fronteiras convencionais estão sendo transformadas, se não eliminadas por completo”, garante Hirai ao afirmar que suas paredes podem ser completamente transformadas em uma janela.

Uma janela (virtual) para o mundo

“Imagine que você é um surfista ávido e tem uma janela perfeita do tamanho da parede para ver os pontos de surf mais vívidos em tempo real”. De acordo com o The Verge, a ideia não é apenas um conceito para um futuro não tão próximo, mas sim algo que já deve começar a ser visto em um lançamento a ser feito na metade deste ano.

Em breve, a Sony lança o Ultra Short Throw Projector, projetor capaz de exibir imagens em alta definição diretamente em uma parede. Ele deverá contar ainda com um sensor de profundidade, permitindo assim que você interaja com a exibição, tornando-a sensível ao toque.

Cupons de desconto TecMundo: