Sabe aquela assinatura da mãe no bilhete da escolha que muita gente falsificava para se livrar de algumas encrencas? Pois é, parece que alguns terão que aprender a fazer algo parecido para continuar hackeando à vontade na web. Uma pesquisa realizada em conjunto em várias universidades dos EUA e da Alemanha conseguiu desenvolver um software capaz de identificar o autor de qualquer tipo de código através da sua “assinatura de programador”.

Isso quer dizer basicamente que cada pessoa tem um estilo próprio de escrever código e, analisando sistematicamente as características estruturais de cada linha, é possível determinar com até 97% de precisão quem é o autor de qualquer peça. Para isso, é necessário um mínimo de 1,9 mil linhas escritas para o software analisar. Com 630 linhas, entretanto, a ferramenta consegue identificar autores com até 95% de certeza.

Características

A identificação do código é feita a partir da comparação de padrões de espaçamento, de “diagramação” e algumas outras características mais subjetivas, como as possibilidades de nomeação de elementos, de organização em cascata e assim por diante. Ou seja, o hacker mal-intencionado que quiser permanecer anônimo terá que aprender a “falsificar a assinatura de desenvolvedor” de outra pessoa para escapar de possíveis perseguições por parte de autoridades.

Os pesquisadores das universidades participantes realizaram testes com códigos anônimos obtidos a partir do Google Code Jam e tiveram mais sucesso na identificação dos autores do que esperavam. Será que isso estará funcionando em agências com a NSA em breve?

Cupons de desconto TecMundo: