Uma pesquisa divulgada recentemente pela empresa de proteção de dispositivos SquareTrade revelou que 28 milhões de donos de bichinhos de estimação, cerca de 10% dos cidadãos norte-americanos que possuem animais, já tiveram dispositivos eletrônicos danificados por seus pets. Os acessórios mais visados pelos pequenos meliantes são os cabos de força (41%) e 30% dos aparelhos acidentados são smartphones.

Laptops e controles de video game vêm na sequência, cada um com 12% dos casos. Os incidentes identificados variam de ocorrências mais leves, como quando os bichinhos simplesmente derrubaram o dispositivo de uma mesa, até alguns mais nojentos, quando vomitaram ou urinaram em cima dos gadgets. Segundo a empresa, essas situações podem gerar gastos elevados e requerem algumas medidas preventivas.

Os aparelhos mais atacados pelos bichinhos

“É claro que todos amamos nossos animais, então esses acidentes são facilmente perdoados. Mas temos notado reparações e trocas frequentes e caras por causa de danos desse tipo e somente um em cada quatro dispositivos está coberto por um plano de proteção”, disse o CMO da SquareTrade, Ty Shay.

Dados animais

Baseando-se nos relatórios de acidentes recebidos, a companhia identificou algumas receitas comuns para o desastre envolvendo animais de estimação. Segundo os dados, cães machos têm 86% mais probabilidade de danificar seus dispositivos do que as fêmeas e 19% dos donos acredita que seu bichinho atacou o aparelho porque estava bravo com eles na hora.

O estudo também indica que muitas vezes o ciúmes pode levar à represaria por parte dos pets, já que um em cada quatro donos afirmou estar usando o gadget na hora que ele foi atacado pelo animal. Além disso, a pesquisa revela que bichinhos com menos de um ano de idade têm três vezes mais probabilidade de danificar um aparelho do que os mais velhos.

Tipos de animais de estimação mais propensos a atacar eletrônicos

Por fim, a pesquisa também revelou que os norte-americanos estão com uma tendência cada vez maior de expor seus companheiros animais ao uso de conveniências eletrônicas. Enquanto 17% dos donos de bichinhos criaram uma conta para seu amiguinho em redes sociais, uma em cada quatro pessoas é “amiga” ou “seguidora” de pets nesses serviços e 18% deles já “conversaram” com eles por meio do Skype, FaceTime ou programas similares.

Cobrindo as bases

Para aumentar a proteção dos gadgets dos donos de animais de estimação, a SquareTrade ofereceu algumas dicas para reduzir o risco de acidentes com os atrapalhados bichinhos:

  • Dê a atenção, o treinamento e os exercícios necessários para que eles tenham menos energia e interesse pelos seus aparelhos;
  • Deixe seus dispositivos em locais elevados e de difícil acesso para cães e gatos curiosos;
  • Esconda os cabos de força dos seus gadgets e carregadores embaixo dos pisos ou atrás dos móveis;
  • Nunca deixe seus dispositivos ao lado de qualquer tipo de líquido;
  • Sempre use um case de proteção.

"Eu me rendo!"

E você, já perdeu algum eletrônico ou acessório para animais sapecas? Pretende botar as medidas preventivas em prática? Deixe sua opinião nos comentários.

Cupons de desconto TecMundo: