Mi Band 7 vs Mi Band 6: quais as diferenças entre as pulseiras?

3 min de leitura
Imagem de: Mi Band 7 vs Mi Band 6: quais as diferenças entre as pulseiras?
Imagem: Xiaomi
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A Xiaomi anunciou nesta terça-feira (24) a nova versão de sua pulseira inteligente, a Mi Band 7. O novo acessório vestível apresenta melhorias pontuais em relação a sua antecessora, a Mi Band 6, incluindo alguns recursos extras.

Em sua versão chinesa, a Mi Band 7 conta com funcionalidades de ponta, como NFC, mas pode ser que as novidades não deem as caras no Brasil. Outro destaque vai para um novo tipo de alarme que consegue te despertar antes do horário ao perceber um período de sono mais leve.

Confira mais novidades e as diferenças em relação a Mi Band 6, a seguir;

Mi Band 7 vs Mi Band 6

A Mi Band 7 chega hoje (24) no mercado chinês (Fonte: Xiaomi/Divulgação)A Mi Band 7 chega hoje (24) no mercado chinês (Fonte: Xiaomi/Divulgação)Fonte:  Xiaomi 

Display

O display ainda se assemelha bastante aos modelos anteriores com as bordas arredondadas, no entanto, apresenta um aumento de25% na tela. O novo display sai de 1,56 e vai para 1,62 polegadas, com resolução de 192 x 490 pixels, 326 ppi e 500 nits de brilho.

Um dos destaques do display é a chegada da tão esperada tela “Always-On”, ou “sempre ligada” em tradução livre, com diversos wallpapers para escolher.

Dimensões

Acompanhando o aumento da tela, a Mi Band 7 possui um corpo maior e mais pesado. Comparando as dimensões, a versão 6 possui 47,4 × 18,6 × 12,7 mm pesando 12,8 gramas, enquanto a Mi Band 7 possui 46,5 x 20,7 x 12,25 mm e pesa 13,5 gramas.

Opções de modo esporte

A Mi Band 7 recebeu quase 100 novas modalidades de exercícios, saindo de 30 modos esportivos para 120. Dentre as novas possibilidades de atividades físicas na pulseira, alguns destaques incluem alongamento, aeróbica mista, tênis, HIIT, aeróbica e kickboxing.

Fonte:  Xiaomi 

O recurso de monitoramento do oxigênio no sangue (oxímetro) também recebeu melhorias. O monitoramento da saturação do sangue (SpO2) será contínuo com detecção automática a cada 5 minutos, com um alerta para quando o teor ficar abaixo do padrão.

Análise dos dados de atividades

Para acompanhar a atualização e as novas modalidades esportivas, a empresa adicionou quatro modos de análise dos dados coletados durante as atividades, visando melhorar o rendimento pelas informações fornecidas.

A ferramenta promete entregar um feedback sobre o progresso em uma habilidade atlética, inclusive se estiver excedendo o limite em uma atividade, o tempo de descanso pós-treino e sugestões de treinamento para alcançar um objetivo.

Bateria

Fonte:  Xiaomi 

A bateria da Mi Band 6 foi um dos principais descontentamentos dos consumidores. A fonte de alimentação de 125mAh possui uma vida útil bem menor que a de seus antecessores, devido à chegada de alguns recursos que acabam consumindo mais energia.

Aparentemente a Xiaomi entendeu o recado e fez aprimoramentos, entregando uma bateria com 180mAh de capacidade na Mi Band 7, prometendo 15 dias de uso regular e 9 dias de uso “pesado”. Resta agora observar como a pulseira vai se comportar frente aos novos recursos, incluindo o monitoramento contínuo de oxigênio no sangue.

Preço

A Mi Band 7 teve um aumento de 20 yuans em seu preço, cerca de R$ 14,47 em conversão direta. Dessa forma a versão completa, com o NFC, sai por 279 yuans (R$ 202), enquanto a edição mais simples por 230 yuanes (R$ 166).

Vale a pena atualizar?

As novidades podem fazer diferença para aqueles se prendem aos detalhes, mas não trazem grandes avanços em relação ao modelo anterior. No entanto, se você possui os modelos 3, 4 ou 5, a atualização entregará diversos recursos que facilitam o cotidiano, além de algumas correções pontuais da Mi Band 6.

O produto começou a ser comercializado hoje (24) na China, mas ainda não possui uma data para chegar no mercado brasileiro. Vale ressaltar, também, que a Xiaomi costuma lançar a pulseira por aqui sem recursos como o NFC. Dito isso, é sempre bom ficar de olho no preço do aparelho no nosso país na hora de escolher entre a Mi Band 6 e a Mi Band 7.

Imagem: Smartband Xiaomi Mi Band 6
Imagem: Tecmundo Recomenda

Smartband Xiaomi Mi Band 6

A Smartband Mi Band 6 da Xiaomi conta com tela Amoled de 1,56" e recursos de identificação e monitoramento de até 30 atividades físicas. Essa é uma versão internacional.

Fontes