Redmi Smartband Pro vs Mi Band 6: qual opção escolher?

3 min de leitura
Imagem de: Redmi Smartband Pro vs Mi Band 6: qual opção escolher?
Imagem: Xiaomi/Divulgação
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.

Querendo investir em uma smartband da Xiaomi para monitorar suas atividades físicas? Os dois modelos mais recentes da marca chinesa, Redmi Smartband Pro e Mi Band 6, são boas alternativas para quem quer começar a usar este tipo de dispositivo.

Embora tenham algumas funções em comuns, essas duas pulseiras fitness apresentam design diferente. Enquanto a Mi Band 6 é mais compacta e fina, seguindo o visual clássico deste wearable, a Smartband Pro possui uma tela maior e em formato retangular, mais parecida com um relógio inteligente.

Conheça, a seguir, as principais funções presentes em cada uma destas pulseiras inteligentes da Xiaomi e descubra a mais adequada para as suas necessidades.

Redmi Smartband Pro

8% off
Imagem: Xiaomi Redmi Smartband Pro
Imagem: Tecmundo Recomenda

Xiaomi Redmi Smartband Pro

A tela Full AMOLED panorâmica de 1,47” oferece uma experiência visual nítida, com brilho equilibrado e Touch responsivo para você navegar entre as funções e verificar todas as notificações sem esforço. O suporte da nova função Always-on, permite que você visualize a hora ou outros dados na tela da pulseira sem precisar tocá-la para ligar a tela.  

R$ 599,99

Lançada na China em novembro de 2021, a Redmi Smartband Pro chegou ao Brasil em março deste ano. O modelo chama a atenção pela tela grande e retangular, do tipo AMOLED, com tamanho de 1,47 polegada e brilho máximo de 450 nits, proporcionando uma melhor visualização dos conteúdos mesmo sob a luz do Sol, como afirma a empresa.

Outro diferencial desta pulseira fitness da Xiaomi é a presença do oxímetro (SpO2), possibilitando monitorar os níveis de oxigênio no sangue durante todo o dia, recurso muito comum nos smartwatches. Ela também pode ser usada para registrar os padrões do sono, batimentos cardíacos, nível de estresse e acompanhar o ciclo menstrual feminino.

A smartband com tela grande suporta mais de 110 modos de treinos.A smartband com tela grande suporta mais de 110 modos de treinos.Fonte:  Xiaomi/Divulgação 

Quanto às atividades físicas, ela é compatível com mais de 110 modos de treino, segundo a fabricante, incluindo aqueles realizados na água — o produto possui resistência de até 50 metros. Um detalhe interessante é que o acessório consegue detectar automaticamente exercícios como corrida, caminhada e esteira, iniciando o monitoramento sem a sua intervenção.

Ela também pode exibir notificações de mensagens e chamadas telefônicas, ser utilizada para controlar a reprodução de músicas e conferir a previsão do tempo atualizada, se estiver pareada ao celular, tendo compatibilidade com Android e iOS. Já a bateria, de 200 mAh, possui autonomia de 14 dias no modo de uso típico e de até 20 dias com a economia de energia ativada.

Mi Band 6

Imagem: Smartband Xiaomi Mi Band 6
Imagem: Tecmundo Recomenda

Smartband Xiaomi Mi Band 6

A Smartband Mi Band 6 da Xiaomi conta com tela Amoled de 1,56" e recursos de identificação e monitoramento de até 30 atividades físicas. Essa é uma versão internacional.

Anunciada em março de 2021, a Mi Band 6 chegou ao Brasil cerca de três meses depois. Mantendo o visual tradicional das pulseiras inteligentes, ela conta com tela AMOLED de 1,56 polegada, oferecendo uma área de exibição 50% maior que o display da geração anterior, além de várias opções de mostradores personalizáveis.

O rastreamento do nível de oxigênio no sangue (sensor SpO2) também está presente aqui, outro avanço importante em relação à Mi Band 5. Monitoramento da frequência cardíaca 24 horas por dia, acompanhamento do sono, exercícios de respiração e registro do ciclo menstrual feminino são algumas das outras funcionalidades disponíveis.

A versão que tem formato convencional de pulseira é compatível com menos tipos de exercícios, mas traz opções como o boxe.A versão que tem formato convencional de pulseira é compatível com menos tipos de exercícios, mas traz opções como o boxe.Fonte:  Xiaomi/Divulgação 

Para os esportistas, este modelo de pulseira Xiaomi é bom para monitorar mais de 30 atividades físicas, incluindo boxe, zumba, basquete, dança de rua, patinação no gelo, pilates e natação (ela também tem resistência de 5 ATM). Deste total, seis modos de treinamento são reconhecidos automaticamente, entre os quais caminhada, ciclismo e elíptico.

Quando conectada ao smartphone, a Mi Band 6 realiza funções semelhantes às da Redmi Smartband Pro, como reprodução de músicas, controle da câmera, informações do clima, alertas de mensagens e chamadas, lembretes de calendário e muito mais. Em relação à bateria, de 125 mAh, esta versão tem autonomia de 14 dias no modo normal e 19 dias com economia de energia.

Qual a melhor smartband?

Ambas as pulseiras da fabricante chinesa são boas opções para quem procura uma smartband com oxímetro e quer registrar o desempenho nas atividades físicas. Elas também trazem várias outras funções úteis quando conectadas ao celular, mas vale ressaltar que não possuem GPS nativo (é possível usar este recurso do smartphone).

Se você costuma praticar diferentes tipos de exercícios e quer um modelo mais parecido com um smartwatch, terá na Redmi Smartband Pro uma alternativa interessante. Já para as pessoas interessadas em uma pulseira mais discreta e compacta, a Mi Band 6 é a versão ideal.

Vale ressaltar ainda que a Mi Band 6 possui NFC, mas a conectividade não funciona no Brasil, ficando restrita ao público chinês. Outro detalhe é que ela pode ficar mais barata assim que a Mi Band 7 for lançada, proporcionando uma boa economia — a chegada da nova geração ao mercado deve acontecer no segundo semestre deste ano.