Ryzen 7000: novas CPUs AMD serão compatíveis com AM4?

1 min de leitura
Imagem de: Ryzen 7000: novas CPUs AMD serão compatíveis com AM4?
Imagem: AMD/reprodução
Avatar do autor

A AMD finalmente revelou mais detalhes sobre o soquete AM5 e os Ryzen 7000 durante sua apresentação na Computex 2022. Como de costume, mudanças no soquete sempre geram inúmeras dúvidas, e dessa vez não foi diferente. A grande questão é: um Ryzen 7000 funciona em placas-mãe com soquete AM4?

Partindo para a resposta mais simples: não, não vai funcionar. A resposta elaborada se divide em duas questões principais, o tamanho e a pinagem dos novos processadores, que seguem um padrão diferente do tão popular AM4.

AM5 tem tamanho maior

Enquanto os processadores do soquete AM4 tinham dimensões de 40 x 40 mm, o soquete AM5 expande esse formato, agora com 45 x 45 mm. Assim, nem adianta tentar, pois simplesmente a CPU não vai encaixar na placa-mãe AM4. Da mesma forma, um processador AM4 também não possui tamanho apropriado para funcionar em uma mainboard AM5.

A pinagem é bem diferente

O outro fator que acaba com a compatibilidade entre os chips Ryzen 7000 e placas AM4 fica por conta da adoção do padrão LGA 1718. LGA é um acrônimo para Land Grid Array, que em termos simples significa que os pinos de conexão entre processador e mainboard ficam localizados diretamente na placa-mãe, enquanto o processador só tem as furações.

LGA (com furos e sem pinos) e PGA (sem furos e com pinos), respectivamenteLGA (com furos e sem pinos) e PGA (sem furos e com pinos), respectivamenteFonte:  Rayming PCB & Assembly/reprodução 


Até o soquete AM4, a AMD utilizava o formato PGA, ou Pin Grid Array, onde os pinos ficavam no processador e o encaixe ficava na placa-mãe. Para facilitar o entendimento, basta pensar que um é o oposto do outro.

Encaixe em soquete AM4 (sem pinos na placa-mãe e com furos na CPU)Encaixe em soquete AM4 (sem pinos na placa-mãe e com furos na CPU)Fonte:  greatpcreview.com/reprodução 

Sendo assim, inserir um Ryzen 7000 em uma plataforma AM4 significaria que a conexão não seria realizada, pois nenhum dos dois tem pinos. Da mesma forma, colocar um processador AM4 numa plataforma Ryzen 7000 também não geraria conexão, já que os dois tem pinos.

Conceito do Ryzen 7000 e soquete AM5 (LGA 1718) com pinosConceito do Ryzen 7000 e soquete AM5 (LGA 1718) com pinosFonte:  Leak.pt 

A regra é clara: Ryzen 7000 só vai funcionar com plataformas AM5. Logo, se você almeja entrar de cabeça na nova geração da AMD, é bom separar um dinheiro extra para investir em uma nova placa-mãe.

As primeiras CPUs Ryzen 7000, que tem codinome Raphael, chegam ao mercado entre setembro e novembro deste ano.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.