AMD revela processadores Ryzen 7000: até 5,5 GHz, Zen4 e RDNA2

1 min de leitura
Imagem de: AMD revela processadores Ryzen 7000: até 5,5 GHz, Zen4 e RDNA2
Avatar do autor

A AMD anunciou nesta madrugada (23) os aguardados processadores da família Ryzen 7000, codinome Raphael. Durante sua conferência na Computex 2022, a empresa trouxe mais detalhes sobre a linha de CPUs e confirmou que os modelos alcançarão frequências de até 5,5 GHz em games.

Com formato quadrado (45x45 mm), os chips Ryzen 7000 são baseados na nova arquitetura Zen4 e feitos em processo de 5 nanômetros da TSMC. Após cerca de 5 anos, a AMD também vai deixar o padrão AM4 para trás e adotar o novo soquete AM5 LGA1718 com as novas CPUs.

1413018-ryzen-zen-4-5nm-1260x709-very_compressed-scale-4_00x

Com a adoção do novo soquete, a AMD também apresentou os chipsets X670E, X670 e B650, que vão equipar as novas placas-mãe que suportam as CPU da família Raphael. Tal qual os processadores, as novas mainboards também suportam tecnologias de ponta, incluindo PCie Gen 5 e memórias no padrão DDR5.

Especificações e desempenho

Enquanto a AMD não revelou o lineup completo de CPUs da linha Ryzen 7000 e nem as especificações detalhadas, a companhia já trouxe alguns detalhes importantes sobre os chips. A nova linha de processadores contará com até 16 núcleos e 32 threads, com salto de aproximadamente 15% no desempenho em relação à geração anterior.

A nova linha de processadores também conta com gráficos integrados baseados na tecnologia RDNA2. O chip gráfico presente no processador poderá ser utilizado via portas HDMI 2.1 FRL e DisplayPort 1.4 diretamente na placa-mãe, sem a necessidade de uma placa de vídeo dedicada.

Os novos chips também suportam memórias DDR5 em dual-channel, contam com 21 camadas PCIe e o dobro de cache, com 1 MB por núcleo, e aceleração de IA. Em relação ao consumo energético, a AMD disse que alguns chips chegarão em até 170W, com modelos de alto desempenho que necessitam de resfriamento líquido — os chips mais mainstream contarão com 120W de TDP, enquanto os modelos mais básicos vão variar de 45 a 105W.

Disponibilidade

As novas CPUs da família Ryzen 7000 chegarão ao mercado oficialmente na segunda metade do ano, entre setembro e novembro. A AMD ainda não revelou mais detalhes sobre os preços e os modelos que estarão disponíveis dentro da série de chips.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.