ASUS confirma suporte a novos CPUs Ryzen 5000 em placas B350

1 min de leitura
Imagem de: ASUS confirma suporte a novos CPUs Ryzen 5000 em placas B350
Imagem: AMD
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.

A AMD ainda está lançando novos processadores da série Ryzen 5000, mas por se tratarem de CPUs com tecnologias mais novas, ainda não estava claro se placas-mãe da primeira geração com socket AM4 seriam compatíveis. Entretanto, a ASUS confirmou que todos os novos modelos serão compatíveis com chipset B350.

A série 5000 foi lançada em 2020, mas continua a receber novos modelos, como os Ryzen 7 5800X3D e Ryzen 5 5500. Considerando que a arquitetura por trás do processador continua sendo a Zen3, os chipsets antigos não teriam problemas de compatibilidade com os novos CPUs, em teoria.

Processadores Ryzen 5000 mais novos serão compatíveis com placas AM4 de primeira geraçãoProcessadores Ryzen 5000 mais novos serão compatíveis com placas AM4 de primeira geraçãoFonte:  ASUS 

Bloqueio proposital

Em resposta ao perfil Andreas Schilling, a ASUS confirmou que todos os novos CPUs serão compatíveis com as placas de entrada B350, entretanto será necessária uma atualização da BIOS que começará a ser disponibilizada a partir do dia 25 de março. Especificamente os modelos Ryzen 5 5500 não entram na lista devido uma limitação do código da BIOS imposta pela própria AMD.


Ainda assim, a notícia é boa para donos de placas-mãe antigas, já que poderão contar com a possibilidade de um último upgrade de processador sem a necessidade de substituir todo o kit. Vale ressaltar que a série Ryzen 6000, até o momento está confirmada apenas para chips móveis, estando disponível apenas em notebooks. A próxima família de processadores AMD para desktop deve ser a Ryzen 7000, essa sim já com nova arquitetura Zen4 e socket AM5.

Fontes