O lançamento dos processadores AMD RYZEN está cada vez mais perto, o que tem motivado a fabricante a soltar outras informações sobre seus próximos chips para empolgar ainda mais o público que já demonstrou interesse nas novidades.

Nos documentos mais recentes, liberados neste mês, a AMD revelou especificações sobre os novos chipsets que darão o suporte necessário para as novas unidades computacionais. Além disso, a companhia divulgou os nomes das marcas de placas-mãe que vão apostar no RYZEN.

Para quem não acompanhou o anúncio, vale um resumo rápido. Os novos chips são voltados ao mercado de alto desempenho, focando numa concorrência apertada com os modelos mais poderosos da Intel. São processadores de oito núcleos (com 16 threads), clocks que começam em 3,4 GHz e memória cache de até 20 MB (somando L2 e L3). E todos terão multiplicador destravado!

Novos chipsets

Com o foco nas mais recentes tecnologias, a AMD atualizou a plataforma AM4 (sigla referente aos produtos RYZEN e APUs de 7ª geração) com suporte para memória DDR4, PCI-Express de 3ª geração, SATA Express, NVMe e USB 3.1. Todavia, vale ressaltar que nem todos os chipsets serão compatíveis com essas novidades.

Serão cinco chipsets pensados para diferentes segmentos. O X370 é o mais completo, sendo voltado ao mercado entusiasta. Placas com tais componentes terão suporte para USB 3.1 Gen 2, overclocking, múltiplas placas de vídeo (CrossFire e SLI) e as mais avançadas tecnologias SATA para armazenamento.

O modelo B350 é programado para o mercado gamer e conta com os mesmos recursos do X370, exceto pela limitação no suporte para múltipla placas de vídeo. O chipset A320 entrega os requisitos básicos para quem busca uma máquina para atividades essenciais, por isso não tem recursos para overclocking.

Por fim, a AMD apresenta os chipsets X300 e A300, voltados para computadores de tamanho reduzido (do tipo Small Form Factor ou SFF). Esses componentes não terão suporte para USB 3.1 Gen 2, tampouco funcionarão com múltiplas placas de vídeo. As fabricantes que já anunciaram parceria para os produtos RYZEN são ASRock, ASUS, Biostar, GIGABYTE e MSI.

Em um primeiro momento, a fabricante também revelou que alguns coolers da Noctua (modelos L9x65, U12S e D15) e a Corsair (H60, H100i e H110i) serão compatíveis com RYZEN. Lá fora, diversas montadoras, incluindo MainGear e Origin, já anunciaram que lançarão máquinas com os novos componentes da AMD.

Cupons de desconto TecMundo: