Samsung apresenta o processador Exynos 2200 com ray tracing

2 min de leitura
Imagem de: Samsung apresenta o processador Exynos 2200 com ray tracing
Imagem: Samsung
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Após alguns atrasos, a fabricante sul-coreana Samsung revelou nesta terça-feira (18) o novo chipset top de linha da empresa. Trata-se do Exynos 2200, que será um dos destaques de dispositivos como a família Galaxy S22.

O chip tem como principal novidade a presença de uma GPU feita em parceria com a AMD. O componente utiliza a arquitetura RDNA2, a mesma presente em consoles como PS5 e Xbox Series X/S, trazendo o que há de mais avançado em termos de processamento gráfico para um dispositivo móvel.

Poder de consoles no celular

Chamada de Xclipse 920, a GPU de celular utiliza uma aceleração a nível de hardware para garantir o efeito de ray tracing, que permite a exibição de gráficos mais realistas e imersivos em termos de iluminação e exibição de imagens tridimensionais. Isso é possível graças a uma série de simulações em tempo real que calculam o comportamento de raios de luz que refletem nas diferentes superfícies de cada cenário.

A GPU é capaz ainda de reproduzir os efeitos de Variable Rate Shading (VRS), uma tecnologia de preenchimento de pixels de forma automatizada que pode aumentar a taxa de quadros por segundo.

A qualidade gráfica é possível com tecnologias presentes em consoles da atual geração.A qualidade gráfica é possível com tecnologias presentes em consoles da atual geração.Fonte:  Samsung 

Além disso, a unidade de processamento neural (NPU) foi melhorada em relação ao modelo anterior, aprimorando o desempenho geral do aparelho em todas as funções utilizando recursos de inteligência artificial — das chamadas telefônicas aos games.

Por dentro do Exynos

O processador tem fabricação em litografia de ultravioleta extrema (EUV) de 4 nanômetros (nm), contando com um único núcleo de alto desempenho Cortex-X2, três núcleos Cortex-A710 e quatro núcleos Cortex-A510, focados em eficiência energética.

O Exynos 2200.O Exynos 2200.Fonte:  Samsung 

Em termos de segurança, o chip acompanha uma tecnologia chamada Integrated Secure Element (iSE) para guardar chaves criptografadas. Já a conectividade com a internet móvel é garantida por um modem que pode utilizar dois sinais ao mesmo tempo (um 4G LTE e outro 5G) para aumentar a velocidade.

O Exynos 2200 foi feito ainda para suportar fotografia de alta qualidade: o chipset aguenta gravações até em 8K e com padrão HDR10+, além de sensores de até 200 MP ou uma combinação de câmeras de 64 MP e 36 MP.

Fonte:  Samsung 

Disponibilidade

A Samsung informou apenas que o Exynos 2200 está "atualmente em fase de produção em massa", mas é certo que esse será o chipset da linha Galaxy S22 em ao menos algumas regiões.

O anúncio dos novos smartphones da marca está previsto para o dia 8 de fevereiro de 2022.

Fontes