Padrão HDMI 2.1a é anunciado durante a CES 2022; veja o que mudou

1 min de leitura
Imagem de: Padrão HDMI 2.1a é anunciado durante a CES 2022; veja o que mudou
Imagem: Unsplash
Avatar do autor

Na última semana, surgiram rumores indicando que o padrão HDMI 2.1a seria anunciado durante a feira Consumer Electronics Show (CES) 2022. De acordo com informações do HDMI Forum, o novo padrão será lançado em 2022 para melhorar a qualidade de imagem e som em televisões, monitores e projetores.

Desde 2002, quando o padrão HDMI foi lançado, surgiram diversas atualizações para acompanhar o ritmo dos novos aparelhos lançados anualmente. Enquanto o HDMI 2.1 recebeu uma grande atualização, aparentemente, o HDMI 2.1a oferece apenas a atualização que inclui o recurso de Source-Based Tone Mapping (SBTM).

O que é o SBTM?

O SBTM é uma funcionalidade que vai ajudar a aprimorar a experiência HDR nos televisores, equilibrando o processo de mapeamento de tons entre a TV/monitor e o outro dispositivo conectado — por exemplo, um videogame ou um computador.

O mapeamento de tons é um processo de adaptação do sinal HDR para os dispositivos equilibrarem a imagem em uma tela específica e, até o momento, esse recurso é executado somente em telas. Então, o que novo HDMI 2.1a vai fazer é dividir o trabalho de mapeamento entre ambos os dispositivos conectados.

O lançamento do padrão HDMI 2.1a está previsto para ser realizado em 2022.O lançamento do padrão HDMI 2.1a está previsto para ser realizado em 2022.Fonte:  Unsplash 

Inclusive, o SBTM deve ajudar no processamento de diferentes conteúdos, pois é possível combinar visualizações de vídeo em HDR e SDR ao mesmo tempo. Assim, a fonte do conteúdo, como um computador, vai ajustar a saída HDR para usar as tecnologias HDR, SDR e HDR dinâmico da melhor formar possível.

Além disso, os novos cabos também podem ser usados para excluir a necessidade de calibração manual de monitores para jogos HDR. O recurso aprimora o funcionamento do HDR10, HDR10+ e Dolby Vision.

Problemas no paraíso

De qualquer forma, é importante destacar que não há nenhuma garantia de que o recurso funcionará perfeitamente, assim como o HDMI 2.1 não funciona em diversos dispositivos. Por exemplo, mesmo que uma TV e um console de última geração tenham HDMI 2.1, não quer dizer que você conseguirá jogar em uma super qualidade a 120 Hz.

Ou seja, mesmo que uma TV seja lançada com HDMI 2.1a, o SBTM pode não ser compatível. Para um funcionamento completo, será necessária uma TV com HDMI 2.1a e SBTM ativo e uma fonte de conteúdo com os mesmos recursos — além, é claro, de um cabo compatível.

O grande problema é a compatibilidade entre os dispositivos, que pode causar dor de cabeça em milhares de consumidores ao redor do mundo.