Galaxy A13 é o novo celular baratinho da Samsung com 5G

1 min de leitura
Imagem de: Galaxy A13 é o novo celular baratinho da Samsung com 5G
Imagem: Divulgação/Samsung
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A Samsung anunciou nesta quarta-feira (1º) o Galaxy A13 5G nos Estados Unidos. Utilizando o chipset Dimensity 700 da MediaTek, o celular é apresentado como o mais acessível da empresa com conexão 5G e custará US$ 249,99, cerca de R$ 1,4 mil em conversão direta.

O dispositivo tem uma tela LCD de 6,5 polegadas com resolução HD+ (1600 x 720 pixels) e taxa de atualização adaptativa de 90 Hz. Além disso, a novidade conta com uma bateria de 5.000 mAh e suporte para carregamento de 15W.

Para fotos, o celular oferece um conjunto com três câmeras traseiras, incluindo uma principal 50 MP, uma lente macro de 2 MP e um sensor de profundidade também com 2 MP. A ferramenta para selfies tem 5 MP e fica na parte superior do display.

Pesando 95 gramas, a novidade vem com conector de 3,5 milímetros para fones de ouvidosPesando 95 gramas, a novidade vem com conector de 3,5 milímetros para fones de ouvidosFonte:  Divulgação/Samsung 

Ademais, o celular é equipado com 64 GB de armazenamento interno – expansível para até 1 TB com um cartão microSD. Outros destaques incluem conectividade NFC e um sensor de impressões digitais na lateral.

Em termos de software, o smartphone vem com o Android 11. Uma lista divulgada nos fóruns da companhia traz a estimativa da chegada da One UI 4 com Android 12 à família Galaxy A a partir de fevereiro de 2022, mas a empresa não informou sobre a disponibilidade ao Galaxy A13 5G.

E quando chega?

O Galaxy A13 5G começará a ser vendido nos Estados Unidos no dia 3 de dezembro nas lojas da operadora AT&T e da Samsung. A novidade chegará ao site da T-Mobile em janeiro de 2022.

A empresa não comentou sobre as datas de um possível lançamento no Brasil. Além disso, a Samsung revelou a venda do Galaxy A03s a partir de janeiro nas lojas de operadoras norte-americanas e da própria marca por US$ 159 nos EUA (R$ 891).

Fontes