iPhone é o produto mais desejado da Black Friday, mostra pesquisa

1 min de leitura
Imagem de: iPhone é o produto mais desejado da Black Friday, mostra pesquisa
Imagem: Unsplash
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Apesar dos preços altos praticados no Brasil, o iPhone é o produto mais desejado pelos consumidores brasileiros para a Black Friday 2021, que acontece na próxima sexta-feira (26). É o que aponta uma pesquisa feita pela plataforma Pelando, divulgada nesta segunda-feira (22).

De acordo com o levantamento, o smartphone da Apple está na liderança das buscas entre os mais de 2 milhões de alertas de desejos criados pelos usuários da plataforma. O celular fica à frente de itens como copo Stanley, relógios inteligentes, soundbars, fones de ouvido sem fio, fraldas e cervejas, que também aparecem em destaque na lista.

Revelado pela Maçã em setembro e à venda no Brasil desde meados de outubro, o iPhone 13 é o modelo mais recente da marca. O celular tem como novidades o chip A15 Bionic, bateria com maior autonomia e várias melhorias nas câmeras, custando a partir de R$ 6.599 (versão mini) no mercado nacional.

Os celulares lideram as intenções de compra na Black Friday 2021.Os celulares lideram as intenções de compra na Black Friday 2021.Fonte:  Pelando/Divulgação 

Entre as categorias mais desejadas pelos usuários da rede social, os aparelhos eletrônicos lideram as intenções de compra com 71,4% dos cadastros de alerta. Na sequência, surgem os computadores e games, com 57%, enquanto os celulares e smartphones têm 38,3% das intenções e os eletrodomésticos ficam com 33%.

Gastos superiores a 2020

Ainda conforme a pesquisa da plataforma, 87% dos 350 consumidores ouvidos entre os meses de setembro e outubro pretendem fazer compras na Black Friday e gastar mais do que os valores investidos na edição passada. Para este ano, o valor do ticket médio indicado por eles varia entre R$ 1 mil e R$ 2 mil.

Os entrevistados disseram também, em sua maioria (84%), que preferem fazer compras pela internet, deixando as lojas físicas em segundo plano (apenas 16% deles escolheu essa opção). Já quanto às lojas preferidas, o Magazine Luiza liderou a votação, seguido por Amazon, Lojas Americanas, KaBuM! e Submarino.