Próxima geração de GPUs da ARM pode superar Mali-G710 em 30%

1 min de leitura
Imagem de: Próxima geração de GPUs da ARM pode superar Mali-G710 em 30%
Imagem: WCCF Tech
Avatar do autor

Nesta quarta-feira (27), a ARM prometeu o lançamento de uma GPU poderosa para 2022, durante uma conferência de desenvolvedores. Embora não tenha detalhado um nome, ou uma métrica mais precisa, a empresa afirmou que o novo modelo oferecerá até 30% mais desempenho que a Mali-G710, um dos últimos lançamento da empresa.

Além da melhoria em desempenho, a nova GPU da ARM também será mais eficiente em tarefas que envolvam Aprendizado de Máquina — ou "machine learning", no termo em inglês que se refere a softwares que se beneficiam de inteligência artificial para aprimoramento próprio. Para completar, a empresa também afirma que o modelo possuirá uma precisão FP32 até 5 vezes maior que o núcleo Mali-G76.

Nova GPU da ARM terá um grande salto de desempenho, se comparada a suas predecessoras. (Fonte: ARM, WCCF Tech / Reprodução)Nova GPU da ARM terá um grande salto de desempenho, se comparada a suas predecessoras. (Fonte: ARM, WCCF Tech / Reprodução)Fonte:  ARM, WCCF Tech 

Contextualizando, vale ressaltar que a própria Mali-G710 estreou com uma melhora de 35% no poder de processamento, se comparada com sua antecessora. Para alcançar esse feito, a empresa trabalhou em parceria com a Tencent Games, gigante chinesa dos jogos, visando proporcionar o melhor desempenho possível nos títulos para celular — com direito ao suporte para a tecnologia ray tracing.

Ao considerar seu nicho, de alto desempenho, é possível que a nova arquitetura de GPU da ARM estreie em processadores integrados como o Dimensity 2000 da MediaTek e até mesmo em uma nova iteração do Tensor, proprietário da Google.