Apple Watch pode ganhar versão que lê glicose no sangue em 2022

1 min de leitura
Imagem de: Apple Watch pode ganhar versão que lê glicose no sangue em 2022
Imagem: Pocket Lint
Avatar do autor

O relógio inteligente Apple Watch pode ganhar uma versão que consegue medir glicose a partir de 2022. Segundo documentos encontrados na Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC), a companhia está trabalhando para implementar no produto uma forma de ler os níveis de açúcar no sangue de maneira não invasiva.

Segundo o material, a Apple está trabalhando com a empresa britânica Rockley Photonics, que desenvolve uma tecnologia para ler o nível de glicose no sangue utilizando luz infravermelha. Segundo a companhia do Reino Unido, a novidade será implementada em produtos a partir de 2022.

Fonte:  9to5Mac 

Como a Apple é a principal cliente da Rockley Photonics, a expectativa é que a ferramenta de leitura seja lançada em um futuro modelo do Apple Watch. Segundo ressalta o TechRadar, a empresa de Cupertino foi responsável por grande parte da receita da companhia britânica durante os últimos dois anos.

Caso a implementação dê certo, a tecnologia da Rockley Photonics permitirá que o Apple Watch realize a leitura de glicose sem a necessidade de uma gota de sangue ou qualquer fluido corporal, apenas utilizando luz infravermelha. Além disso, o relógio seria capaz de medir pressão sanguínea e níveis de álcool no sangue.

Até o momento, a Apple não comentou oficialmente sobre o assunto e a presença de um leitor de glicose no Apple Watch de 2022 é apenas um rumor. Ainda este ano, a companhia deve lançar uma nova versão do relógio inteligente, bem como a próxima linha de iPhones e notebooks com o sucessor do chip M1.

Imagem: Smartwatch Apple Watch Series 3, 38 mm
Imagem: Tecmundo Recomenda

Smartwatch Apple Watch Series 3, 38 mm

Encontre a sofisticação da Apple no seu Watch Series 3 a prova d'água e cheia de funcionalidade. Um ótimo companheiro para o seus aparelhos com iOS.

Apple Watch pode ganhar versão que lê glicose no sangue em 2022